Fome, frio e sem remédio: nova campanha solidária está aberta

Felipe Cypriano, fundador do Ajuda do Bem Piracicaba, faz a coleta de doações no JP

O volume de necessitados cresce em pedidos para o grupo solidário Ajuda do Bem Piracicaba, que abre nova frente de arrecadação com foco no Inverno. Até 1º de julho, os voluntários arrecadam para a Campanha do Agasalho roupas de frio e cobertores. Com o mote da compaixão pelo próximo, há também necessidade de coletar alimentos não perecíveis, itens de higiene pessoal – de pasta de dente, sabonete a sabão em pó. A ação tem o apoio do Jornal de Piracicaba.

Iniciada no último domingo (dia 1º), Felipe Cypriano, um dos fundadores do Ajuda, relata o bom andamento da campanha. “Já no primeiro dia foi um sucesso, graças a Deus. Mas, precisamos sempre de mais ajuda, pois, o número de famílias só cresce, inclusive chegou até nós um pedido de socorro do Recife.” A mobilização foi imediata para atender ao pedido, inclusive porque, na família recifense, há uma criança com necessidades especiais. O contato de socorro é bem claro: não queremos dinheiro, mas comida e remédios.

As situações de fome e falta de dinheiro para comprar roupas é uma constante no dia a dia do Ajuda do Bem quanto ao cenário piracicabano. “Uma senhora está de cama e ela tem três filhos, todos muitos carentes. Eu não tinha mais nenhuma cesta e nenhum alimento para levar para eles. Mas, no domingo, entrou uma ajuda e fiz uma compra. Tinha separado ovo de páscoa para os filhos, mas não tive coragem de levar sem nenhum alimento, pois, eles passam fome. Quando fui entregar os ovos e os alimentos com leites, o menino chegou a joelhar no chão, agradecendo pelo alimento e pelo ovo de páscoa, pois, não tinha ganhado nada no dia”, relata Cypriano.

Também há esforços para atender demandas médicas e da terceira idades. “Conseguimos comprar bastante equipos para duas famílias que as crianças só comem por sonda. Estamos sempre correndo. Também vamos levar alimentos, leites, verduras e frutas para um lar de idosos que está passando muita dificuldade.”

COMO CONTRIBUIR?
A população pode contribuir deixando doações na matriz e filial do Jornal de Piracicaba – há caixas de coleta no JP na matriz (avenida Comendador Luciano Guidotti, 2.525, Caxambu) e na filial (rua Boa Morte, 1.403, Centro), sempre de segunda à sexta-feira, das 8h às 18h. Para contribuir sem sair de casa, faça um PIX para 320.864.768-92 (CPF). Outras informações podem ser obtidas diretamente com os voluntários do Ajuda do Bem Piracicaba pelos telefones (19) 9 7112-9417 (Felipe Cypriano) ou (19) 98102-2270 (Jaqueline Mendes). Acompanhe o trabalho do grupo solidário no Instagram (@ajudadobempiracicaba).

Cristiane Bonin
[email protected]

LEIA MAIS

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, entre com seu comentário!
Por favor, entre com seu nome

17 + doze =