Fondue: jantar especial para dois

O fondue foi inventado na Suíça, mas ganha novos sabores no Brasil

Tempinho frio, fim de semana e fondue, a trinca perfeita para um jantar especial. A iguaria típica de inverno vale até mesmo quando o inverno nem muito inverno é, vide as temperaturas deste meados de junho em Piracicaba.

Originário da Suíça, as características que mais explicam esse preparo é o uso de queijo ou chocolate. Além disso, é obrigatoriamente servido quente. Histórias dão conta que a primeira receita de fondue está documentada em um livro de culinária, escrito em Zurique em 1699, e que os queijos usados, então, eram Gruyère e Emmental e o Kirsch, um tipo de destilado a base de cerejas.

Chef Oghan Teixeira dá dicas de combinações irresistíveis para fondue

É claro que, nos Trópicos, o fondue se transforma e pode ser servido até mesmo para se mergulhar cubinhos de filé mignon. Quem conta um pouco das possibilidades de experimentar e ter uma incrível experiência com esta delícia é o chef Oghan Teixeira, um dos sócios-proprietários da famosa Ghee Banqueteria, em São Paulo – que já foi, entre tantas outras coisas, relações públicas do Walt Disney World Resort, em Orlando. O fondue é um item especial no meu. “Entrou e não saiu mais”, ele conta.

Segundo Teixeira, a opção salgada do fondue mais conhecida é a base de queijo, que fica divino com acompanhamentos especiais. Lá vai a dica. “Harmoinza com mini-batata provençal, cogumelo grelhado e com pedacinhos de pão feito em fermentação natural. Combina até mesmo com vegetais grelhados ou crus”. Para acompanhar com uma bebida, o chefe é enfático. “Opte por vinhos ou espumante”.

Clássico, o fondue de queijo é sempre requintado e saboroso

Outra opção é o fondue com carne, com os citados cubinhos de mignon. “Na panelinha, coloca óleo e frita lá a carne lá, mesmo. Acompanhe com molhos: mostarda dijón, molho tártaro, até um barbecue”, destaca Teixeira.

Mas se a pedida é um fondue doce, o chef sugere o uso de chocolate. “Uso e gosto com chocolate meio amargo, belga. Pode colocar um pouco de conhaque, fica muito bom”. Com doce de leite também é sucesso, ele revela. “Use um bom doce de elite argentino, mas coloque um pouco de creme de leite para perder um pouco do doce, e mergulhe frutas, bolachas, waffle ou mini-churros”.

O fondue é plural, pode ser apreciado com pães, mini churros e até waffles

E qual panela usar? Opte pelo prático, um réchaud, que tem o acendedor separado para manter a comida quente, apenas tenha o cuidado para ver o tipo de material da panela. As melhores para se apreciar um fondue são de cerâmica, que gruda menos. Para as fondues ao óleo ou ao vinho as melhores são as de cobre de boa qualidade.

Para um fondue doce, a dica do chef é harmonizar chocolate e frutas

Erick Tedesco