Plano diretor
Integrantes discutiram temas importantes. (Divulgação)

Integrantes discutiram temas importantes. (Divulgação)

 

Integrantes do Fórum Permanente de Gestão e Planejamento Territorial Sustentável, propuseram demandas para o Plano Diretor do Município, no sentindo de maior implementação de projetos de conservação, recuperação e melhoria do meio ambiente e da qualidade de vida, incluindo a participação da sociedade, garantindo a integração ao mundo contemporâneo e fortalecendo a identidade local.O documento apresentou conteúdos nas temáticas foi entregue recentemente ao IPPLAP (Instituto de Pesquisa e Planejamento de Piracicaba)

“Instrumentos urbanísticos adequados, tornam-se ferramentas eficazes para promover transformações nas cidades. Foi nesse sentido que dialogamos e pensamos a Educação Ambiental a partir de algumas frentes que representavam demandas como: a Inclusão das Zeias (Zonas Especiais de Interesse Ambiental) e Zonas Especiais de Interesse Histórico, Cultural e Arquitetônico”, argumentou Bruno Fernandez, ambientalista da Oca – Laboratório de Educação e Política Ambiental da Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz da Universidade de São Paulo.

As Zeias são porções do território localizadas na Zona de Estruturação e Qualificação Urbana destinadas à preservação e proteção do patrimônio ambiental.Arthur Ribeiro, diretor-presidente da IPPLAP, afirmou que já existem normais gerais que tratam do assunto, “mas precisam ser revisadas para pequenos ajustes.Uma importante ação proposta pelo Fórum considera a multiplicação do Núcleo de Educação Ambiental (NEA) no conjunto dos espaços potencialmente educadores de acordo com a relevância socioambiental existentes nas regiões do Município.”

“O Programa Trilhas Urbanas, como meio de valoração do Patrimônio Histórico, Cultural e Arquitetônico; Trilhas Ecológicas, como meio de incentivar o ecoturismo, a educação ambiental e a recomposição das matas existentes; o Corredores Ecológicos no sentido de estabelecer a conectividade entre as Unidades de conservação e outras áreas que já são protegidas”, disse a vereadora Nancy Thame (PSDB)

NOVA REUNIÃO — A parlamentar informou que a próxima reunião do Fórum Permanente de Gestão e Planejamento Territorial Sustentável, acontece na próxima sexta-feira (27), na qual os integrantes farão um balanço das propostas enviadas e um alinhamento para a participação na Conferência Municipal da Revisão do Plano Diretor, prevista para o próximo sábado (28) no auditório do Centro Cívico da Prefeitura de Piracicaba.

( Da redação)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

2 × quatro =