Fumep firma convênio de intercâmbio com universidade do México

Assinatura da parceria aconteceu em Piracicaba, na sede da Fundação Municipal de Ensino (Crédito: Divulgação)

A Fumep (Fundação Municipal de Ensino de Piracicaba) firmou convênio para intercâmbio com a Universidade Politécnica de Puebla, no México, implementando ações definidas para projetar os próximos 50 anos da instituição.

A parceria foi oficializada recentemente pelo diretor executivo da fundação, Antônio Carlos Giuliani, que recebeu a coordenadora do Departamento de Relações Internacionais da Universidade Pública Politécnica do México, Norma Angélica Perez, para assinatura do convênio.

Estamos promovendo a internacionalização da educação praticada na Fumep para que alunos e professores de ambas as instituições possam estreitar relações para troca de conhecimentos acadêmicos e culturais que agreguem valor à formação e qualificação profissional”, disse Giuliani.

O professor revelou que, pela parceria, alunos dos ensinos médio e técnico, e também da graduação e da pós-graduação poderão se beneficiar de intercâmbios e semanas de estudos, visitas a empresas e estreitar relacionamentos entre diferentes culturas agregando conhecimentos indispensáveis à formação profissional. “Os cursos serão ministrados por professores de ambas as instituições educacionais”, explicou.

Segundo ele, ‘uma instituição educacional que prima pela qualidade e ampliação do ensino direcionado a seus alunos revela comprometimento com a qualificação profissional para que eles possam se destacar e se posicionar no mercado de trabalho’. “Neste contexto, experiências internacionais são reconhecidas como valiosíssimas, auxiliando na colocação profissional”, disse.

Para Giuliani, a parceria com a universidade mexicana é estratégica pela localização, uma vez que Puebla mantém um forte parque automobilístico que congrega cinco grandes indústrias que podem impulsionar projetos nas áreas das engenharias.

A representante da universidade mexicana disse que a proposta é estreitar as relações com o Brasil e unir forças para o fomento de projetos desenvolvidos, sobretudo, na área industrial. Ela revela que o interesse pelo Brasil, e pela FUMEP de forma mais específica, deveu-se a contatos anteriores com Giuliani, que já conhece a Universidade Politécnica de Puebla.

Ela apontou a forte sinergia que há entre as áreas da engenharia e do automobilismo e revelou que vários outros convênios poderão ser firmados futuramente. “O México busca relações junto a instituições e líderes empreendedores para que possa compartilhar a educação e aprender o que instituições como a Fumep, por exemplo, fazem para seguir trabalhando impactando positivamente a sociedade na qual está inserida”, disse.

Giuliani lembrou que a Fumep se prepara para realizar a 1ª Semana de Estudos Internacionais no segundo semestres. “A iniciativa permitirá que nossos alunos possam ir ao México, acompanhados de professores para um período de estudos por meio de palestras e visitas técnicas, numa dinâmica que propicie também o conhecimento da cultura de um país semelhante ao Brasil, mas que tem suas especificidades muito bem definidas”, observou.

Da Redação