Furtos de veículos tem queda de 46% em Piracicaba, diz SSP

índices criminais foram divulgados pela SSP (Claudinho Coradini/JP)

Os índices criminais divulgados pela SSP (Secretaria de Estado de Segurança Pública) apresentaram queda no primeiro bimestre de 2020, em comparação ao mesmo período do ano passado. O destaque ficou para o furto de veículos que apresentou decréscimo de 46%. Foram 145 ocorrências registradas em 2019, contra 77 neste ano. O roubo de veículo apresentou queda de 41% com 55 em 2019 e 32 em 2020. No caso de roubos outros (que envolvem as várias modalidades, em residências, estabelecimento e pedestres, por exemplo), totalizou 174 registros no ano passado, contra 103, em 2020, com diminuição de 40% dos registros. Já os furtos outros também tiveram a diminuição de 13% (612 em 2019 e 532 em 2020).

Nos crimes considerados “contra a vida”, como a tentativa de homicídio manteve três registros nos dois períodos.O homicídio teve três casos em 2019 e quatro em 2020.

REGIÃO

A major Silvia Andreia Mantoani, coordenada operacional do 10º BPM/I (Batalhão da Polícia Militar do Interior) enfatizou que na região de Piracicaba, que envolve 11 cidades, 2020 registrou redução nos latrocínios, furtos e roubos em geral em comparativo com mesmo período do ano de 2019. Apresentou redução nos casos e vítimas de latrocínio, furtos e roubos em geral e de carga e nos estupros, em janeiro de 2020. Os roubos a banco e as extorsões mediante sequestro ficaram zeradas. Os furtos de veículos permaneceram estáveis. “Os estupros tiveram queda de 16 casos em números absolutos. A quantidade passou de 76 para 60. Houve 13 ocorrências a menos de roubos em geral no período, se comparado ao primeiro mês de 2019. O número passou de 617 para 604. A quantidade é a menor da série histórica”, enfatizou a major.

“As quedas revelam que estamos no caminho certo, irmanados com a PM, GC, MP, Judiciário e SAP”, disse o delegado Seccional Américo Sidnei Rissato.

Cristiani Azanha

[email protected]