Gatos que se recuperaram de atropelamento esperam por um lar

Resgatados pelo CCZ, eles aguardam a chance de ter um novo lar longe do abandono e maus-tratos (Maycon Barbon)

A adoção de um pet é um compromisso muito sério e é para o resto da vida. Animal não é brinquedo, que pode ser deixado de lado, esquecido ou trocado por outro mais jovem. Seja qual for a preferência, se tem pelo, casco, ou pena não importa desde que o amor prevaleça. É justamente com o olhar do coração que, pelo menos, dez gatos aguardam uma nova oportunidade de ronronar, ou fazer aquele conhecido carinho de “amassar pãozinho”. Alguns já não tem a graça dos filhotes ou carregam algumas marcas aparentes, que muitas vezes são insignificantes diante da tristeza do abandono ou maus-tratos que sofreram. Basta apenas uma só chance, para deixar seu mundo mais colorido e com amor.

A protetora e vereadora Alessandra Bellucci (REP) disse que diferente dos cães que se adaptam em três dias, os gatos precisam de 15 dias para ficarem totalmente adaptados. “As pessoas precisam se conscientizar que se não forem elas a dar essa oportunidade, quem mais vai querer adotá-los. Eles precisam somente de uma nova chance, eles não podem ficar condenados a ficarem em um gatil para sempre”, afirmou Alessandra.

A filhote Zoe, que está no CCZ (Centro de Controle de Zoonoses foi atropelada no Bosques de Lenheiro, em 24 de fevereiro deste ano. O pedido para seu recolhimento foi feito por um morador. Devido ao atropelamento, um olho de Zoe ficou fora do globo ocular e teve que ser retirado por causa das lesões. Totalmente recuperada,ela está pronta para ser adotada, está castrada, vacinada, vermifugada e com microchip. Ela pode ter perdido um olho, mas alguém duvida que essa felina abusa no charme?

O Tom é gato adulto preto e branco. Também foi vítima  atropelamento há oito meses no bairro Higienópolis. Sofreu lesões abdominais e exposição do osso em uma pata. As lesões no abdômen causaram uma hérnia e foi necessário cirurgia para recuperar a saúde do Tom. Hoje ele está pronto para ser adotado, está castrado, vacinado, vermifugado e com microchip. Muito carinhoso, quer apenas uma cama quentinha para chamar de sua.

ADOÇÃO

Quer quiser levar essas belezinhas para casa pode entrar em contato pelos telefones (19) 98355-4676, 3403-6523 ou 3403-6524.

LEIA MAIS

Cristiani Azanha

[email protected]

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite o seu comentário!
Por favor, entre com seu nome

doze − cinco =