Os Warriors “varreram” o Portland e estão na final pela quinta vez seguida (Foto: Divulgação/ Facebook Golden State Warriors)

Golden State Warriors e Toronto Raptors venceram as Conferências Oeste e Leste, respectivamente, e estão classificados para a grande final da NBA (National Basketball Association) da temporada 2019. Os Warriors, que é uma das franquias mais antigas da história da liga norte-americana (fundada em 1946), já foram de Philadelphia e San Francisco chegam pela 11ª vez a final, sendo a quinta consecutiva e buscam seu sétimo título. Os Raptors são uma das franquias mais novas (fundada em 1995), sempre esteve situada na cidade canadense e chega pela primeira vez a decisão.

Na última etapa antes de chegar a mais uma decisão da NBA, o Golden State Warriors derrotou o Portland Trail Blazzers na final da Conferência Oeste. Mesmo com o desfalque de Kevin Durant, brilhou a estrela de Stephen Curry, que foi o cestinha em todos os jogos, com 36, 37, 36 e 37 pontos, respectivamente, ajudando os Warriors a “varreram” o adversário ao vencer por 4 a 0, mesmo que todos os quatro jogos tenham sido equilibrados. O último jogo por exemplo, em Portland, só foi decidido na prorrogação. Com 146 pontos, Curry se tornou o maior pontuador em confrontos que terminaram em 4 a 0, superando a lenda Shaquille O’Neal.

O Toronto Raptors tiveram mais dificuldades, já que enfrentaram o melhor time da temporada regular (Milwaukee terminou com 60 vitórias) e precisou de seis jogos para confirmar sua vaga na final. Os dois primeiros jogos foram em Milwaukee e os Bucks venceram os dois. No primeiro, a franquia canadense liderou toda a partida, sofrendo a virada no último quarto. Na segunda partida, Milwaukee liderou do início ao fim e venceu por 22 pontos de diferença. Os jogos três e quatro foram no Canadá e Toronto venceu os dois com roteiros parecidos com os jogos em Wisconsin. Na partida 3, os Bucks lideraram até o quarto final, porém Toronto empatou e vence na segunda prorrogação. No jogo 4, os Raptors dominaram do início ao fim e venceram por 18 pontos.

No quinto jogo, em Milwaukee, os Bucks novamente lideraram os primeiros quartos, porém os Raptors reagiram e venceram o confronto no final. No último jogo, em Ontario, o Toronto novamente ficou atrás na maior parte do tempo, porém contou com o talento de Kawhi Leonard para virar e se classificar par a final. Além de Leonard e dos outros atletas do quinteto titular, o banco de Toronto também teve participação decisiva, auxiliando Loenard, que sofreu uma contusão no joelho durante o jogo 4 e não esteve inteiro no resto da série.

O primeiro jogo será nesta quinta-feira (30), às 22h (horário de Brasília), na Scotiabank Arena, em Toronto, no Canadá.

Mauro Adamoli

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

dezessete − três =