Governador oficializa Piracicaba como região metropolitana

Foto: Alessandro Maschio/JP

Ponto alto do que pareceu seu primeiro dia de campanha foi no Engenho Central: jingle e aglomeração

O governador do Estado de São Paulo, João Dória (PSDB), esteve ontem na cidade para assinar projeto de lei que autoriza a criação da Região Metropolitana de Piracicaba – composta por 25 municípios para os quais serão destinados R$ 29,4 milhões. Foi anunciado R$ 800 mil para reforma de imóveis históricos e R$ 7 milhões para obras de infraestrutura em Piracicaba. Outros programas e recursos também foram divulgados. O evento, no Teatro Erotides de Campos, foi marcado por um perfil eleitoreiro e houve manifestações de populares contra o governador e contra os pedágios novos na região – algumas pessoas foram retiradas do recinto pela Guarda Municipal. Houve gritaria no momento da assinatura dos repasses e projeto de lei.

Durante sua fala no Engenho Central, o governador tucano enfatizou o histórico da vacina Coronavac e a proximidade da marca de meio milhão de mortos pelo coronavírus-19. Dória continuou alfinetando o governo de Jair Bolsonaro (sem partido) ao enfatizar a luta dos jornalistas contra as fakenews. Para se aproximar mais da cidade, lembrou do seu parentesco materno com Prudente de Moraes, mas fez questão de falar por mais de uma vez que é filho de nordestino. Ao final, um jingle em volume alto tocou no teatro, corroborando o que pareceu ser o primeiro dia de sua campanha à presidente em 2022. Encerrando o momento, os políticos presentes foram chamados ao palco para uma foto oficial, o que gerou aglomeração.

A tour por Piracicaba começou pela inauguração de uma creche, a Escola Municipal de Ensino Infantil Professora Roberta Eleutério Amaral. Depois foi a vez do lançamento da pedra fundamental do Conjunto Habitacional Residencial Nova Suíça. A creche custou R$ 2,6 milhões, uma obra do Estado em parceria com a prefeitura. Já as unidades de moradia popular devem receber aporte estadual de R$ 5,8 milhões. Esses dois eventos foram acompanhados dos secretários estaduais Rossieli Soares (Educação) e de Flavio Amary (Habitação), que anunciou mais R$ 1,62 milhão para o mesmo conjunto.

Cristiane Bonin
[email protected]

LEIA MAIS

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite o seu comentário!
Por favor, entre com seu nome

dezenove + vinte =