Governo de São Paulo entrega pedido para uso emergencial da vacina à Anvisa

Início da vacina

O Governo do Estado deu entrada junto à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) ao pedido para uso emergencial do imunizante, às 9h30 desta sexta-feira. De acordo com governador João Doria (PSDB), está mantida a previsão de iniciar a vacinação no Estado no dia 25 de janeiro. Para o governador, “o objetivo é fornecer a vacina para todo o Brasil por meio do Ministério da Saúde”.

Nesta quinta-feira, Doria anunciou que a vacina Coronavac, desenvolvida pelo Instituto Butantan em parceria com a farmacêutica Sinovac, tem eficácia de 78% a 100% contra a covid-19, conforme antecipado mais cedo pelo Estadão/Broadcast.

 “Vacina do Butantan é a vacina de São Paulo”, disse o governador durante entrevista coletiva realizada no instituto. “Vacina de São Paulo é a vacina do Brasil”, completou o tucano. Doria comemorou os resultados como uma “vitória do trabalho iniciado em abril de 2020” e afirmou que o “planejamento para a Coronavac não é fato político, não é fato partidário, é fato da ciência”.

Com informações da Agência Estado

LEIA MAIS

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, entre com seu comentário!
Por favor, entre com seu nome

dois × três =