Governo divulga lista de beneficiados do Programa Bolsa Atleta

O atleta Paulo André garantiu vaga para os Jogos Olímpicos de Tóquio nos 100m rasos - Crédito foto: Wagner Carmo/CBAt

Criado em 2004, o Programa Bolsa Atleta atinge em 2021 a maior marca da sua história com 7.197 atletas contemplados no edital 2020/2021. É o maior número de beneficiados de modalidades olímpicas e paralímpicas que a iniciativa já alcançou em uma única lista.

O investimento anual estimado para atender os 7.197 esportistas é de R$ 97,6 milhões. Além deles, há outros 274 contemplados pela categoria Pódio, a mais alta do programa, que tem edital separado. Dessa forma, o total geral é de 7.471 atletas diretamente patrocinados e garantidos por uma previsão orçamentária da Secretaria Especial do Esporte no valor de R$ 145 milhões

Ao todo, foram recebidas 7.529 inscrições, das quais 95,6% foram aprovadas. Dentro desse grupo de contemplados, são 4.121 homens (57,3%) e 3.076 mulheres (42,7%). Em outro recorte, 5.560 são praticantes de modalidades olímpicas (77,3%) e 1.637 de paralímpicas (22,7%).

A maior parte (70,8%) é de modalidades individuais, com 5.095 atletas, enquanto 2.102 participam de esportes coletivos (29,2%). Na divisão por categorias, a Nacional tem o maior número de beneficiados: 4.859 (67,5%). Em seguida aparecem as categorias Internacional (1.200), Estudantil (456), Olímpica/Paralímpica (366) e Base (316). O atletismo é a modalidade com o maior número de beneficiados: 1 025, somando olímpicos e paralímpicos. Na sequência do Top 5 aparecem a natação (555), o taekwondo (346), o handebol (342) e o basquete (335). Todos os contemplados devem assinar o Termo de Adesão por meio do novo sistema virtual até o dia 11 de junho.

“Para proteger os atletas dos efeitos causados pela pandemia de Covid-19, decidimos fazer um edital híbrido, reunindo, pela primeira vez, resultados esportivos de dois anos. Essa medida, ao lado do compromisso assumido pelo Governo Federal de publicar os editais do Bolsa Atleta sempre em janeiro, reforça o esforço em reconhecer, ano após ano, a importância do programa no patrocínio direto aos atletas”, disse o secretário especial do Esporte, Marcelo Magalhães.

Da Redação

LEIA MAIS:

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite o seu comentário!
Por favor, entre com seu nome

13 − cinco =