Grafite na lateral do edifício será finalizada semana que vem | Foto: Amanda Vieira/JP

Piracicaba enfim terá grafites nas laterais de edifícios, uma modalidade artística há algum tempo comum em grandes centros, como capitais. As produções, em empenas (paredes laterais de um edifício, sem aberturas, janelas ou portas) no bairro Higienópolis e outra na Vila Rezende, são viabilizadas por meio do projeto Festival Paredes Vivas.

Um já é produzido desde semana passada, em um prédio na rua Alfredo Guedes. A responsável pelo grafite é a artista plástica Sarah Soares, a chefe de outras duas assistentes mulheres – Alice e Giulia – no balancim, uma espécie de elevador que sobe e desce rente à empena, controlado por elas. “São 35 metros e dá um pouco de medo, sim, porque balança”, conta Sarah.

Ela pinta a mãe natureza envolvendo o universo. “Representa o poder do afeto e representa ainda a mulher ligada à natureza, transcendendo pelas raízes”, destaca a artista, feliz por ser a primeira autora de um grafite em Piracicaba. “Ainda mais porque o grafite é um território dominado por homens”, completa.

O produtor da iniciativa, o piracicabano Calleb Jangrossi, fala do trâmite em conseguir as empenas para os murais artísticos. “Foi uma longa negociação, tanto neste que é um prédio comercial, quanto no outro, da Vila Rezende, que é residencial. Foi necessário coletar assinatura de todos os estabelecimentos e residentes para poder começar”.

Ambos os grafites, ele ressalta, devem ficar nos prédios por tempo indeterminado. Para durar e não perder o brilho, Sarah, assim como artista da segunda empena, Diógenes Moura, precisam passar uma camada de tinta látex e, em seguida, preencher o desenho com spray de arte urbana. “Não desbota e resiste ao tempo”, aponta a artista.

Erick Tedesco

Leia mais:
Capa JP 24/10/2020
Ciclistas pedem compromisso de candidatos com mobilidade
XV apresenta quatro atletas e contrata mais dois para a Copa Paulista

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

cinco × um =