Entre um pacote de bolacha ou outro doce para o filho e um de arroz, muitos pais precisam escolher durante a pandemia priorizando a alimentação básica da família. Por isso, o projeto “Parada Solidária – Uma Ação Entre Amigos”, que entrega cestas básicas a famílias carentes, começou a receber pedidos singelos, mas especiais, nos últimos meses: um brinquedo, um biscoito, leite, uma bala.

Crianças de aproximadamente 50 famílias vão receber os kits | Foto: Amanda Vieira/JP

Para atender a essas demandas, o grupo realiza ação especial em diversos bairros carentes da cidade no próximo dia 12. A população pode participar ao doar brinquedos (mesmo os usados, desde que em bom estado), leite, alimentos em geral, roupas – tudo voltado aos pequenos em pontos de arrecadação e no drive thru solidário no próximo sábado (10), das 10h às 16h, na Estação da Paulista.

Os outros pontos de arrecadação são a escola de inglês “THE Doors”, na rua do Trabalho, 350, Vila Independência; a “Micropro – Desenvolvimento Comportamental”, na rua Voluntários, 777, centro; e na “Abelhinha – Aviamento e Artesanatos”, na avenida São Paulo, 616, Paulista.

“A gente vai muito nos lugares, geralmente comunidades pobres, que não têm ninguém [por eles]. E as crianças chegam, abraçam a gente e: ‘ai, tio, você trouxe bala?’, ‘trouxe bolacha’, ‘você pode trazer um brinquedo? Queria tanto uma boneca’. E a gente não tem como ficar dando, então a gente se reuniu, formou um grupo no WhatsApp. […] A gente quer levar um pouco de alegria para elas”, conta Felipe Cypriano, um dos voluntários.

A arrecadação é realizada em parceria com o Projeto Guri, que tem um espaço para armazenar os produtos na Estação da Paulista. Nos últimos dias, os voluntários já começaram a higienizar e montar os kits que crianças de aproximadamente 50 famílias, segundo Cypriano, vão receber.

Os integrantes do projeto já organizaram as entregas em uma lista. “O intuito do projeto é apenas ajudar ao próximo, principalmente as crianças, pois estamos vivendo em um tempo difícil para todos, levando alegria a elas e fazer o dia melhor para cada criança que pudermos ajudar”, conta Cypriano.

O projeto já era realizado antes da pandemia ao olhar para as famílias mais carentes e as atividades foram intensificadas devido à atual crise pela qual o mundo passa.

Andressa Mota

[email protected]

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

19 − 10 =