Guarda recebe moto elétrica de marca chinesa para testes

Motocicletas são carregadas em 3 horas. (Foto: Divulgação)

A Guarda Civil de Piracicaba recebeu ontem, para testes, um modelo de motocicleta elétrica, fabricado na China. Com design europeu, o modelo CR6 da Horwin pode ser carregado em três horas, em qualquer tipo de tomada de 220 volts, oferecendo uma autonomia de 150 quilômetros. Fundada em 2014, a empresa que também atua na Europa, recentemente abriu escritório e fábrica em São Paulo.

O modelo CR6 da Horwin pode ser carregado em três horas e tem autonomia de 150 quilômetros.

TESTES

“A moto apresenta excelente qualidade, altíssima performance e, sabemos que a Guarda Civil de Piracicaba precisa de motos com força e velocidade, daí oferecemos esta parceria para os primeiros testes. Cedemos a moto para avaliações”, explica Priscila Favero, presidente da empresa no Brasil, que esteve na manhã de ontem na sede da Guarda Civil.

De acordo com o comandante da Guarda Civil, Sidney Nunes, o experimento com a moto elétrica é uma das ações da Administração para reforçar no município o conceito de smart cities (cidades inteligentes), também, por meio de uma frota verde.

“Vamos testar a moto para entender melhor sua mecânica e toda a funcionalidade do modelo, que será usado, inicialmente, no patrulhamento diário. Nossa busca por esse tipo de veículo está alinhada com essa proposta de tornar Piracicaba uma cidade inteligente, entre as mais avançadas do Brasil”, explicou o comandante.

Assim como as demais corporações, a Guarda Civil de Piracicaba já atua com motos, devido à agilidade desse meio de transporte, por meio das equipes de Romo (Ronda Ostensiva Motorizada), que atua na cidade em apoio as equipes de patrulhamento e Romu (Ronda Ostensiva Municipal), Grupamento Ciclistico, Patrulha Maria da Penha, entre outros.

Da Redação

LEIA MAIS:

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite o seu comentário!
Por favor, entre com seu nome

dez + 12 =