Há 103 anos, jornal noticiava os impactos da gripe espanhola

Hoje JP noticia o que acontece em Piracicaba, no Brasil e no mundo sobre pandemia do novo coronavírus

Da gripe espanhola em 1918 à pandemia da covid-19, em 2020. Em 102 anos, a cobertura do Jornal de Piracicaba sobre a pandemia que atingiu 4.178 pessoas em Piracicaba entre 22 de outubro e 26 de dezembro de 1918, deixando 88 mortos no período, e os efeitos da covid-19 iniciados em 2020, difere na rapidez como ambas as doenças atingiram a população e na celeridade como a notícia chegava e chega ao público.

Desde o início da pandemia da covid-19, no ano passado, o Jornal de Piracicaba acompanha o que acontece em Piracicaba, no Estado de São Paulo, no Brasil e no mundo sobre a doença. Diariamente, o JP traz notícias sobre o comportamento da pandemia, avanços da vacinação e as decisões das autoridades em saúde e seu impacto na população. Realidade em grande parte das empresas, no Jornal de Piracicaba o home office não foi diferente. As equipes se organizaram e mantiveram o padrão na busca e no tratamento à informação. O secretário de Saúde de Piracicaba, Filemon Silvano, destaca a necessidade de os profissionais se reinventarem para manter os princípios que norteiam o ofício de quem informa. “Parabenizo o Jornal de Piracicaba por mais um ano de vida trazendo à população os fatos do dia a dia, principalmente pela dificuldade decorrente da pandemia fazendo com que seus jornalistas e comunicadores se reinventassem neste ano que passou.

Com muita luta, respeito e amor, o jornal tem trazido a transparência na atuação do poder público contra a covid-19 por meio de suas matérias e reportagens especiais”, afirmou. “Que o JP siga com sua premissa de isenção e imparcialidade para seguir vencendo os desafios da comunicação nesta era digital”, acrescentou o secretário. O provedor da Santa Casa de Piracicaba, João Orlando Pavão, aponta a história do jornal ‘entrelaçada’ com a de cidade que, segundo ele, atravessa o tempo e todas as intempéries.“Muito mais do que um veículo de comunicação e sua imensurável contribuição à história e aos dias atuais de nossa Piracicaba, o Jornal de Piracicaba cumpre um dever cívico e comunitário de informar de maneira ética, transparente e com credibilidade”, afirmou.

O médico e presidente da Unimed Piracicaba, Carlos Joussef, destacou a abordagem de temas de interesse nacional e internacional, como política, cultura, tendências e mercado. “Em nome da diretoria executiva e do conselho de administração, parabenizo o senhor Marcelo Batuíra e toda sua equipe pelo 121º aniversário do Jornal de Piracicaba. A abordagem de temas é sempre tratada com inteligência, ética, responsabilidade e imparcialidade. E para a Unimed Piracicaba, dialogar com a comunidade em reportagens e peças publicitárias é de extrema importância não apenas para a divulgação da Instituição, mas também para o aprimoramento da qualidade de nossos serviços assistenciais que somam mais de cinco décadas de cuidado integral com a vida. Saiba, ainda, que nós, diretores e médicos cooperados, nos orgulhamos por participar dessa história de sucesso”, destacou.

Beto Silva

[email protected]

Leia Mais:

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite o seu comentário!
Por favor, entre com seu nome

dezessete + 7 =