Nova versão tem design ousado e evolui em estilo, mecânica e itens de segurança (Foto: Divulgação)

Não foi fácil para a Hyundai inserir no mercado a nova versão do HB20, o hatch fabricado em Piracicaba que conquistou o país ocupando o primeiro lugar em vendas. A mudança no visual, a princípio, não agradou o público consumidor.

Mas basta uma aproximação e um olhar mais atento às mudanças promovidas pela montadora coreana em itens como design interno, segurança e conforto para que a opinião sobre o carro mude.

Melhor ainda se esse contato físico ocorrer com a versão de topo batizada de Diamond Plus, totalmente esportiva, com motor 1.0 turbo com injeção direta e câmbio automático de seis marchas. Este foi o modelo testado pela reportagem do Jornal de Piracicaba durante uma semana.

Apesar da potência do esportivo, o consumo médio de combustível verificado foi de oito quilômetros na cidade e dez quilômetros na estrada, com etanol. A montadora informa o consumo de 11,8 litros na cidade e 14 na estrada, quando na gasolina.

O HB20 também ficou maior que a primeira versão. A distância entre-eixos passou a 2.530 mm, o comprimento 3.940 mm e 1.720 mm de largura, mantendo a alatura de 1.470 mm.

O novo modelo trouxe itens de segurança que deixaram a desejar na primeira versão como controles de estabilidade e tração, assistente de saída em rampas e apoio de cabeça e cinto de três pontos para o quinto passageiro.

MAIS SEGURANÇA
O novo HB20 tem ainda frenagem autônoma de emergência e alerta de mudança involuntária de faixa. Estes itens vêm de série na versão Diamond Plus, com preço sugerido de R$ 77.990 mil.

Na lista de novidades, o hatch tem chave presencial, partida do motor por botão, controle de cruzeiro, alerta de baixa pressão dos pneus, retrovisores rebatíveis eletricamente e sistema stop-start, airbags laterais de tórax, bancos e volante em couro, sensores de estacionamento e câmera de ré.

Na cabine, a Hyundai seguiu a tendência das centrais multimídia com tela flutuante e reposicionou as saídas de ventilação para baixo.

O acabamento interno agrada pela escolha de materiais e encaixe das peças – o desenho da tela sobre os tweeters ao lado das maçanetas e o revestimento em couro também nas portas traseiras são toques de bom gosto raros no segmento.

Os equipamentos da versão Diamond Plus incluem piloto automático com limitador de velocidade e comandos no volante, monitoramento de pressão dos pneus, ar-condicionado digital, sistema start-stop, volante revestido de couro, além de acabamento interno na cor marrom desert com detalhes em black piano e azul.

Beto Silva

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

20 − seis =