História de Carlos ABC e cena piracicabana se encontram em biografia

Foto: Alessandro Maschio/JP

Evento acontece hoje, às 19h30, no Engenho Central com distribuição gratuita

O ator e diretor de teatro piracicabano Carlos ABC lança hoje (quarta-feira) a sua biografia em evento às 19h30, no barracão 14 do Engenho Central. “O ABC de Carlos ABC” foi escrito por Maria Teresa Silva Martins de Carvalho e ganhou prefácio de outro celebrado artista piracicabano, Romualdo Sarcedo. A publicação é ilustrada por caricaturas do bibliografado, retratado ao longo da carreira pelos traços de Amaurí Ribeiro, Condé, Eduardo Grosso, Erasmo Spadotto, Fausto Longo, Paffaro, Paulo Branco e pelo renomado Paulo Caruso. O lançamento tem entrada franca e é aberto à população. Haverá distribuição gratuita de exemplares – após o evento, contate pelo telefone (19) 3426-1100. A editora é a Theatron.

“Nesta altura da minha vida e carreira, este livro representa para mim uma coroação de que estive no lugar certo e fazendo o que deveria fazer: cantar e contar histórias em forma de arte, poesia, e amor a minha terra querida, que tanto retratei em minhas obras e que, se Deus quiser, continuarei retratando. Acredito que este livro, também, conta um período das artes e suas produções em Piracicaba”, diz o artista aos seus 64 anos de idade, homenageando Marcos Thadeus e a autora Maria Teresa.

O livro consolida a movimentação cultural da cidade, a partir de meados da década de 1970, e traça uma linha do tempo paralela com a vida artística do autodidata Carlos ABC. Olhando para seus 46 anos de carreira, o ator e diretor teatral, cenógrafo, carnavalesco, dramaturgo, figurinista com alma circense faz suas recomendações aos novatos nas artes cênicas.

“Se eu tivesse que dizer alguma coisa a quem começa agora a trilhar as estradas sinuosas e cheio de obstáculos das artes, neste país, é que o faça com muita determinação, muito empenho e respeito ao que vai oferecer ao público, sempre tendo em mente que pode alterar para melhor a vida de alguém e isso é divino. É uma missão difícil, mas que dá um prazer imenso.”

Cristiane Bonin
[email protected]

LEIA MAIS

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, entre com seu comentário!
Por favor, entre com seu nome

5 × quatro =