Hoje é Dia: florestas, ABL e futebol são lembrados na semana

Hoje é Dia: florestas, ABL e futebol são lembrados na semana
Fonte: Agência Brasil

Na semana que começa, o Hoje é Dia se volta para a proteção aos recursos naturais, em especial às florestas brasileiras. O Dia de Proteção às Florestas, comemorado hoje (17), homenageia ainda um personagem do folclore nacional, a quem é atribuído o cuidado e a proteção das matas do Brasil: o Curupira.

Menino de cabelos longos e vermelhos tipo fogo, o Curupira tem os pés virados para trás para despistar os caçadores. A lenda é de origem indígena, mas virou parte do imaginário popular em todo o território nacional – e também tornou-se peça importante no aprendizado sobre a preservação ambiental. Afinal, que criança nunca ouviu falar do Curupira? Por conta disso, resgatamos este trecho do Música Animada, que foi ao ar na TV Brasil, em que a banda Roni e As Figurinhas apresenta uma canção sobre o Curupira. Acompanhe:

 

Este episódio do História Hoje, da Radioagência Nacional, reforça que, “lenda à parte, o dia dedicado à proteção das florestas quer chamar a atenção para a importância da preservação desse tipo de vegetação essencial para o ciclo da vida”:

Ainda nesta semana, outra figura que teve papel importante na luta pela preservação de florestas e dos povos indígenas é lembrada – mas esta da vida real. No dia 18, completam-se 20 anos da morte de Mário Juruna, ativista indígena da etnia Xavante e primeiro indígena a ocupar o cargo de deputado federal. Uma das marcas registradas do político era um gravador portátil, com o qual gravava conversas com autoridades para denunciar caso não cumprissem a palavra.

Deputado Mário Juruna, cacique da etnia Xavante, primeiro índio deputado federal, eleito em 1982. Foto: Arquivo CD
Deputado Mário Juruna, cacique da etnia Xavante, primeiro índio deputado federal, eleito em 1982. Foto: Arquivo CD

Mário Juruna, cacique da etnia Xavante, primeiro indígena deputado federal, eleito em 1982. Foto: Arquivo CD – Acervo Câmara dos Deputados

Juruna exerceu mandato no Congresso Nacional de 1983 a 1987. Durante o período, ele foi responsável pela criação da Comissão Permanente do Índio no Congresso Nacional e outras medidas de atenção aos povos indígenas. Passados mais de 30 anos do fim do mandato de Mário Juruna, os indígenas tiveram somente mais um representante na Câmara Federal: a deputada Joênia Wapichama, em exercício desde 2018.

125 anos da Academia Brasileira de Letras

A língua e a literatura brasileiras também são celebradas nesta semana. Na quarta-feira (20), a Academia Brasileira de Letras (ABL) completa 125 anos de fundação. A ABL foi criada em 1897, com objetivo de preservar a literatura brasileira e teve como primeiro presidente o escritor Machado de Assis.

Embora seja necessário ter um livro publicado para se candidatar a uma cadeira na academia, a ABL não é composta somente por escritores profissionais. Os imortais da ABL são figuras que estão inseridas e são relevantes para a cultura nacional.

A atriz Fernanda Montenegro, ocupante da cadeira 17, e o músico Gilberto Gil, cadeira 20, são alguns dos mais novos membros. Eles foram eleitos, respectivamente, para as cadeiras que eram do diplomata Affonso Arinos de Mello Franco e do jornalista Murilo Melo Filho. No ano passado,Agência Brasil explicou como funciona a sucessão de cadeiras na Academia (leia).

Na Argentina, também há efeméride na literatura. Há 90 anos, em 17 de julho de 1932, nascia o cartunista Quino, criador da Mafalda. Traduzidas para 30 idiomas, as tirinhas trazem a visão de mundo de uma menina de 6 anos que tem reflexões pertinentes e muito a falar sobre as questões mundiais. Quando Mafalda completou 50 anos de existência, em 2014, O Repórter Brasil, da TV Brasil, mostrou por que a personagem tornou-se tão icônica:

 

Quino morreu em 2020, mas deixou um legado e uma legião de fãs pelo mundo inteiro. As tirinhas de Mafalda nasceram em 1964 e pararam de ser publicadas menos de uma década depois. Ainda assim, os debates e as falas da garotinha ainda podem ser trazidas para situações atuais. Saiba mais sobre a trajetória do cartunista nesta reportagem disponível na Radioagência Nacional:

Comemorações no mundo do esporte

Terça-feira (19) é celebrado o Dia Nacional do Futebol. A data foi instituída em 1976 e homenageia a fundação do Sport Club Rio Grande, do Rio Grande do Sul, time mais antigo do Brasil ainda em atividade. O clube foi criado em 19 de julho de 1900, apenas 23 dias antes da fundação da Associação Atlética Ponte Preta.

A informação pode gerar dúvidas, já que grandes times, como Flamengo e Vasco, têm como data de fundação os anos de 1895 e 1898, respectivamente. No entanto, em ambos os casos, os clubes foram criados para participar de competições de remo, e o futebol veio apenas depois. Em 2017, o programa No Mundo da Bola, da Rádio Nacional, entrevistou o então presidente do Sport Clube Rio Grande, que falou mais sobre a trajetória desse veterano do futebol brasileiro.

E também tem aniversário de conquistas históricas no atletismo. Em 20 de julho de 1952, nos Jogos Olímpicos de Helsinque, na Finlândia, José Telles da Conceição conquistava a primeira medalha do Brasil no esporte. Ele alcançou a marca de 1,98 metro no salto em altura e faturou a inédita medalha de bronze – sendo o primeiro representante do atletismo nacional a subir ao pódio.

José Telles da Conceição (à esquerda) foi bronze no salto em altura nos Jogos Olímpicos de Helsinque, em 1952, tornando-se  primeiro representante do atletismo brasileiro a subir ao pódio.
José Telles da Conceição (à esquerda) foi bronze no salto em altura nos Jogos Olímpicos de Helsinque, em 1952, tornando-se  primeiro representante do atletismo brasileiro a subir ao pódio.

José Telles da Conceição (à esquerda) despontou para o atletismo treinando no Vasco da Gama – Memória do Esporte Olímpico Brasileiro/TV Brasil/Divulgação

E, no dia 23 de julho, serão 90 anos da morte de Alberto Santos Dumont, que entrou para a história como o pai da aviação. No ano passado, a Agência Brasil publicou uma entrevista com o escritor holandês Arthur Japin, autor do livro O homem com asas, um romance histórico sobre a trajetória e os sentimentos do brasileiro (leia). O voo do brasileiro Alberto Santos Dumont, em uma distância de 60 metros com o 14-Bis, completou 115 anos em 2021.

Confira a lista semanal do Hoje é Dia com datas, fatos históricos e feriados:

<!–*/

.cmpTableCell { max-width: 92%; } .tcols-2 > .cmpTableCell:nth-child(2n+2) {width: 15%;text-align: center;font-size: var(–fnt-titulos-1);background-color: rgba(32,192,32,.3);border-bottom: solid 1px var(–txt-color);color: var(–txt-highlight);padding: .8rem 0;border-top: dotted 1px var(–txt-color);} .tcols-2 > .cmpTableCell:nth-child(2n+1) {width: 85%;background-color: var(–txt-highlight);border-bottom: solid 1px var(–txt-color);color:var(–btn-color);} @media only screen and (max-width: 991px) { .cmpTable { padding: .8rem; border: solid 1px var(–bg-color); background-color: rgba(255,255,255,.3); } .cmpTable .cmpTableTitle { width: 100%; background-color: transparent !important; color: var(–bg-color); font-size: var(–fnt-titulos-2); padding: .8rem 0; border-bottom: dotted 1px var(–btn-color); } /* table 2 cols */ .tcols-2 .cmpTableCell { display: block; width: 100% !important; background-color: var(–txt-color); color:var(–bg-color) !important; } .tcols-2 > .cmpTableCell:nth-child(2n+2) {width: 10%;font-weight: 800;font-size: var(–fnt-titulos-1);padding: .8rem 0;text-align: left;background-color: transparent;/* border: solid 5px var(–txt-color); */border-bottom: solid 10px var(–txt-color);/* border-top-left-radius: 10px; *//* border-top-right-radius: 10px; */padding: 0.5rem;margin-bottom: 1rem;font-weight: 900;} .tcols-2 > .cmpTableCell:nth-child(2n+1) {width: 20%;font-weight: 400;font-size: var(–fnt-titulos-5);padding: 0;margin-bottom: .8rem;background-color: transparent;border: none;} }
.cmpTable { –txt-color-em: #3a3; }
.cmpTableCell.cmpTopics.cmpWeekEmphasis { border-bottom: solid 1px var(–txt-color-em); }
.tcols-2 > .cmpTableCell.cmpWeekEmphasis:nth-child(2n+2) { width: 15%; text-align: center; font-size: var(–fnt-titulos-1); background-color: rgba(32,192,32,.7); border-bottom: solid 1px var(–txt-color); color: var(–txt-highlight); padding: .8rem 0; border-top: dotted 1px var(–txt-color-em); }
@media only screen and (max-width: 991px) { .tcols-2 > .cmpTableCell.cmpWeekEmphasis:nth-child(2n+2) { width: 10%; font-weight: 800; font-size: var(–fnt-titulos-1); padding: .8rem 0; text-align: left; background-color: transparent; border-bottom: solid 10px var(–txt-color); padding: 0.5rem; margin-bottom: 1rem; font-weight: 900; } .cmpTableCell.cmpTopics.cmpWeekEmphasis { border-bottom: none; } .tcols-2 > .cmpTableCell.cmpWeekEmphasis:nth-child(2n+2) { border-top: none; }}

/*–>*/

/*–>*/

17 a 23 de julho de 2022
17

Nascimento do cartunista argentino Quino (90 anos)

Nascimento do cantor e compositor carioca Ronnie Von (75 anos)

Morte do saxofonista e compositor de jazz norte-americano John Coltrane (55 anos)

Ocorre a tragédia do Airbus A-320 da TAM em Congonhas (15 anos)

Dia de Proteção às Florestas no Brasil e Dia do Curupira, figura do folclore brasileiro conhecido por ser o protetor das florestas

18

Morte do sociólogo Gilberto Freyre (35 anos)

Nascimento da cantora, compositora e pastora fluminense Baby do Brasil (70 anos)

Morte da escritora inglesa Jane Austen (205 anos) – autora de clássicos como Orgulho e Preconceito, Razão e Sensibilidade e Emma

Morte do ex-presidente do Brasil Castelo Branco (55 anos) – primeiro presidente do período da ditadura militar no Brasil, morto em acidente aéreo

Nascimento do filósofo da ciência inglês Thomas Samuel Kuhn (100 anos) – historiador da ciência e autor da obra Estrutura das Revoluções Científicas

Morte do primeiro deputado federal indígena do Brasil, Mário Juruna (20 anos)

Dia Internacional Nelson Mandela – instituído pela Assembleia Geral da ONU em apoio à data comemorativa iniciada em 2009, pela Fundação Nelson Mandela, para incentivar as pessoas a dedicarem 67 minutos de seu tempo na ajuda ao próximo; Nelson Mandela dedicou 67 anos de sua vida à serviço da humanidade

19

Morte da cantora Clementina de Jesus (35 anos)

Nascimento do músico e astrofísico britânico Brian May (75 anos) – compositor e guitarrista da banda britânica Queen

Dia Nacional do Futebol – a data foi escolhida, em 1976, por ser a data de fundação do time mais antigo do Brasil em atividade: o Sport Club Rio Grande, do Rio Grande do Sul

20

Morte do empresário e político baiano Antônio Carlos Peixoto de Magalhães (ACM) (15 anos)

Nascimento do multi-instrumentista e compositor mexicano Carlos Santana (75 anos)

Inauguração da Academia Brasileira de Letras (125 anos)

Dia Nacional do Tatuador – instituída pelo Sindicato das Empresas de Tatuagem e Body Piercing de São Paulo, para marcar a data em que o tatuador dinamarquês, Knud Harald Lykke Gregersen, chegou em São Paulo, dando início à tatuagem artística profissional feita com máquina elétrica no Brasil

Dia Internacional do Amigo – instituída pela Assembleia Geral da ONU

21

Lançamento do álbum Appetite for Destruction da banda norte-americana Guns N' Roses (35 anos)

22

Dia do Cantor Lírico

Dia Mundial do Cérebro

23

Morte do aeronauta, esportista e inventor mineiro Santos Dumont (90 anos)

 

*com supervisão de Nathália Mendes

Hoje é Dia: florestas, ABL e futebol são lembrados na semana

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, entre com seu comentário!
Por favor, entre com seu nome

dois × 3 =