Homem desrespeita medida protetiva e volta à casa da ex

Foto: Claudinho Coradini/JP

Um pintor de 30 anos foi preso nesta quinta-feira (18) à noite, após desrespeitar a medida protetiva para afastamento do lar e retornou para a residência da ex-mulher, no Pauliceia. O suspeito foi preso pela Polícia Militar. Ele vai responder as acusações de descumprimento de medida protetiva, violação de domicílio e perturbação de sossego.

Segundo o boletim de ocorrência, assim que a vítima, uma dona de casa de 36 anos percebeu a chegada dos policiais, ela saiu em frente da casa. O suspeito que estava sentado na calçada aproveitou a oportunidade para tentar entrar na residência da vítima, mas foi contido pelos policiais. O pintor alegou que pretendia pegar seu filho que estava em casa.

A mulher relatou aos policiais que conviveu com o acusado por 13 anos e desse relacionamento tiveram um filho de 9 anos. Relatou que durante muito tempo sofreu agressões psicológicas e físicas. Por isso, decidiu representar criminalmente contra o agressor e desde setembro deste ano conseguiu na justiça a medida protetiva. No entanto, o pintor não respeita o afastamento da vítima, pois ele continua perturbando a ex, pois grita em frente da casa dela, sobe no portão e também por meio das janelas dos vizinhos sob a alegação de quer ver o filho.

No mesmo dia, a vítima já tinha acionado a Polícia Militar que esteve no local e localizou o pintor que estava nas imediações. Ele foi informado sobre a medida protetiva e em seguida, o homem prometeu ir embora. Depois de algumas horas, ele retornou à casa da  vítima e voltou a gritar em frente da casa da ex e também incomodou os vizinhos. A PM foi acionada mais uma vez e levou o acusado ao plantão policial, onde permaneceu preso.

LEIA MAIS

Cristiani Azanha

[email protected]

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

18 − dois =