Homem é multado em R$ 7 mil após manter aves em cativeiro

Aves foram apreendidas (Divulgação/PM Ambiental)

Doze aves que estariam com as anilhas adulteradas ou rompidas foram apreendidos em uma residência, no bairro Alto, na terça-feira (26). O responsável pelas aves foi multado em R$ 7 mil. As aves foram encaminhados ao Zoológico de Piracicaba, onde uma médica veterinária retirou as anilhas de sete espécies que foram devolvidas à natureza. O restante das aves fora encaminhada a sede do pelotão, para destinação em local apropriado.

Uma denúncia anônima ajudou a Polícia Militar Ambiental até a localização das aves que eram mantidas em cativeiro.



O morador da residência teria permitido a entrada dos policiais no imóvel, onde os policiais teriam localizado que 11 aves das espécies canário da terra verdadeiro, graúnas, papa capim fêmea, sabiá laranjeira, sabiá da mata, azulão, corrupião, tico-tico rei, trinca ferro, papagaio verdadeiro (estava com anilha e nota fiscal).

Todas as aves tinham comida e água suficiente. O proprietário informou desconhecer as anilhas adulteradas e que já adquiriu as aves assim.

Os policiais fizeram o auto de infração ambiental com sanção de multa

A ocorrência apresentada na UPJ (Unidade de Polícia Judiciária).

O caso será apurado posteriormente pelos policiais civis do 2o Distrito Policial. O responsável pelas aves foi liberado após prestar depoimento.

Cristiani Azanha