Homem morre após ataque de abelhas em fazenda da Esalq/USP

Um homem morreu depois de uma ataque de abelhas na tarde desta quinta-feira (29), enquanto trabalhava em uma fazenda, em Piracicaba. De acordo com o Corpo de Bombeiros, o caso ocorreu por volta das 14h, dentro de uma fazenda da Esalq/USP (Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz). Ele foi identificado como Derli Candido Pena, 62 anos, trabalhava com um trator quando foi atacado por um enxame.

A polícia acredita que ele tenha passado por cima do enxame com uma das rodas do trator e provocado o ataque dos insetos. O trabalhador foi encontrado alguns metros longe do trator, sem camisa e com várias ferroadas pelo corpo. A policia acredita que depois de ser atacado ele tentou se distanciar das abelhas, mas não conseguiu.

Além de uma equipe do Corpo de Bombeiros, o Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência ) esteve no local para atender a ocorrência. Foi verificada uma quantidade alta de picadas e o médico do Samu constatou a morte da vítima no local. Uma equipe da PM (Polícia Militar) também compareceu ao local. Um policial contou que o corpo apresentava várias ferroadas. Uma das hipóteses para a morte é de que tenha ocorrido um choque anafilático.

Segundo a polícia, mesmo não sendo alérgico à picadas, a quantidade de ferroadas pode ter causado o choque anafilático. A assessoria de imprensa da Esalq foi procurada ontem à noite para comentar o assunto mas não houve retorno até o fechamento desta matéria.

LEIA MAIS

Beto Silva
[email protected]

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite o seu comentário!
Por favor, entre com seu nome

cinco × 1 =