Homem morre em troca de tiros com a Força Tática

Caso foi registrado no plantão policial (Claudinho Coradini/JP)

Um homem de 22 anos morreu após ser acusado de se envolver em uma troca de tiros com policiais militares da Força Tática, no domingo (16) à noite, no bairro Jiboia. Com o suspeito, os policiais teriam apreendido um revólver.
Segundo o boletim de ocorrência, por volta das 19h, os policiais foram checar uma denúncia sobre o armazenamento de armas em uma casa no bairro. Os policiais chegaram ao endereço informado e localizaram o suspeito que correu em direção à uma área verde no bairro, ao perceber a aproximação dos policiais. O morador de uma residência nas imediações teria permitido que os PMs entrassem em seu imóvel para localizar o foragido.

Os policiais iniciaram as buscas e teriam localizado o suspeito, que estaria na suíte do imóvel. Ao vê-los, o homem teria apontado uma arma em direção aos policiais, que se anteciparam e atiraram.
Ainda conforme os PMs, mesmo ferido, o suspeito teria disparado em direção dos policiais, mas eles não foram atingidos. Após a troca de tiros, os policiais conseguiram desarmá-lo. Os PMs perceberam que ele estava com sinais vitais e acionaram os bombeiros. A equipe de Resgate fez os primeiros socorros e encaminharam o homem à UPA (Unidade de Pronto Atendimento) Frei Sigrist, na Vila Cristina, mas não resistiu. O revólver calibre 38 que teria sido localizado com o homem e as pistolas usadas pelos policiais militares foram apreendidas pra a realização de perícia. O caso foi registrado como morte em decorrência de intervenção policial, conforme determinação do delegado Carlos Lopes.

LEIA MAIS

Cristiani Azanha
[email protected]

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite o seu comentário!
Por favor, entre com seu nome

dezoito − 11 =