Homem que vendia drogas perto de crianças é preso pela PM

Algumas crianças do bairro disseram aos PMs que homem guardava drogas em muro de escola (Divulgação)

Um homem foi preso pelos policiais militares, após ser acusado de vender entorpecentes perto de um parquinho infantil e ao lado de uma escola, no bairro Algodoal, na última sexta-feira (1º). Com o suspeito, os policiais teriam localizado 25 trouxinhas de maconha e 108 porções de entorpecentes. Parte das drogas estavam embrulhadas em unidades coloridas, que possivelmente seriam usadas para chamar a atenção de usuários e possivelmente de adolescentes, segundo a polícia.

Segundo a PM, a localização do suspeito foi realizada com a ajuda de várias denúncias recebidas de moradores, que estariam inconformados com o tráfico de drogas no bairro, em uma área frequentada por muitas crianças e adolescentes, pois ocorreria ao lado de um parque infantil e uma quadra de área.

Os denunciantes informaram que a venda de droga era realizada durante o dia e na frente das crianças. Os policiais intensificaram o patrulhamento no bairro, os policiais teriam localizado o suspeito que tinha mas mesmas características informadas anteriormente pelo denunciante.

O suspeito teria sido localizado perto de uma viela que dá acesso ao parque. Ele teria sido surpreendido pelos policiais no momento em que passava algo para uma pessoa e recebia dinheiro. O suspeito foi abordado e com ele, os policiais teriam localizado no bolso traseiro de sua bermuda três trouxinhas de maconha, quatro porções de cocaína e R$ 23,00 reais em dinheiro.

Enquanto o homem estava sendo abordado, algumas crianças teriam se aproximado dos policiais e disseram que o abordado escondia o restante das drogas em buracos no muro da escola.

Os policiais foram até ao local informado pelas crianças e localizaram uma sacola plástica com mais 23 porções de maconha, uma porção maior de maconha e 104 porções de cocaína. O suspeito não quis informar quem seria o fornecedor dos entorpecentes.

 O homem foi encaminhado ao plantão policial, onde foi autuado em flagrante sob acusação de tráfico de drogas. Ele ficou na carceragam até ser apresentado à audiência de custódia.

O caso continuará a ser investigado pela Polícia Civil para identicar outros envolvidos no esquema.

Cristiani Azanha

[email protected]

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite o seu comentário!
Por favor, entre com seu nome

dois × quatro =