Homem se altera com demora na UPA do Piracicamirim e Guarda Civil é acionada

3
2.047 views
Confusão aconteceu na tarde de ontem. (Crédito: Claudinho Coradini/JP)

Na tarde de ontem, um homem que se identificou como funcionário público, se alterou na UPA do Piracicamirim após ter julgado que seu atendimento estava demorando. A Guarda Civil Municipal foi acionada pelos funcionários da unidade, que o encaminhou ao 1o DP (Delegacia de Polícia) para abertura de Boletim de Ocorrência.


De acordo com a SMS (Secretaria Municipal de Saúde), o homem chegou à UPA se queixando de dores toráxicas laterais e falta de ar. Ao ser avaliado, recebeu classificação verde. “Ele passou pela triagem e, pouco mais de uma hora, foi chamado. Ele foi chamado por três vezes e não se apresentou”, consta na nota. Ao questionar da demora, o homem havia sido informado que tinha sido chamado e que sua ficha, então, voltara para a caixa. Outros três pacientes com classificação amarela foram priorizados, informou a secretaria.


A nota da pasta informou ainda que, nesse momento, o homem “exigiu atendimento imediato e começou a gritar e a ofender os funcionários que foram obrigados a chamar a Guarda Civil”.


Uma outra paciente, a auxiliar administrativo Débora da Rocha Toffoletto fez um vídeo da situação e compartilhou via WhatsApp e nas redes sociais. Ela afirma que o homem “não foi grosso com ninguém, não gritou com ninguém [antes], ele gritou lá dentro quando ameaçaram algemar ele antes dele ir para a medicação”, narra ela no vídeo.

Andressa Mota
[email protected]

3 COMENTÁRIOS

  1. É sempre assim,sempre os dependente(povo) está errado,no caso esse cidadão que se queixava, não é o SUS que é ruim, é quem trabalha pro SUS,o pouco caso,sem tirar nas cara feias na qual a gente tem qe ver ao se pronunciar,eu já passei aí nesse Pronto atendimento quando estava gestante e fiquei por cerca de duas hrs aguardando quando me pronuncie-i ficaram todos procurando minha fixa na qual ninguém sabia aonde estava!!!Aí eu me pergunto se vc reclama tá maltratando(assim como eles classificam) mas e quando eles abusam do poder ou seja da profissão qe tem pra nós deixar a espera da vontade deles pra qando e como quiserem nos atender?!

  2. Infelizmente eu já precisei dos serviços deste Pronto Atendimento e fui tratada com desdém por uma técnica de enfermagem, que me humilhou com palavras, usando minha situação, naquele momento, como motivo de chacota! Foi muito triste. Alguns profissionais se esquecem que eles são seres humanos também. Portanto, passíveis de um dia passarem pelo que submetem os outros.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite o seu comentário!
Por favor, entre com seu nome

cinco − 1 =