Homem suspeito de fazer rinha de galo é multado em R$ 75 mil

Galos estavam com secção parcial dos esporões (Divulgação)

Um homem foi multado em R$ 75 mil após ser acusado de manter 25 galos para rinha. Na casa do suspeito, os policiais militares ambientais, em Rio Claro, também localizaram cinco galinhas dispostas em gaiolões com água e comida a disposição. As aves permaneceram depositadas ao infrator, devido a impossibilidade de destinação naquele momento, e ficando a mesmo orientado quanto ao atendimento ambiental no próximo dia 24, na sede da corporação em Rio Claro.

Segundo os policiais, uma equipe foi checar uma denúncia recebida pela internet sobre a suposta localização de uma casa usada para rinha de galos. Os PMs teria constatado que houve a secção parcial ou total dos esporões dos galos. No local não constatado a rinha de galo, mas os policiais observaram que tinham petrechos que ali poderia ser local de rinha, mas nada constatado pela equipe.
O acusado alegou que mantém a criação das aves para consumo próprio e venda a terceiros. Além da infração, o morador da casa também responderá pela acusação de maus-tratos.

Cristiani Azanha

[email protected]