Hospital Regional faz ação em campanha do Outubro Rosa

Unidade irá se vestir de rosa e soltar balões biodegradáveis com sementes de ipê-rosa nesta quarta. (Foto: Claudinho Coradini/JP)

O Hospital Regional de Piracicaba (HRP) promove amanhã , e m apoio à campanha de prevenção ao câncer de mama “Outubro Rosa – A cura pode está em suas mãos”, a soltura bexigas biodegradáveis com sementes de ipê-rosa. Nesse dia, funcionários também usarão roupas cor-de- -rosa e lacinhos do símbolo da campanha.

O objetivo da ação é enfatizar a prevenção do câncer de mama. Segundo a médica Cláudia Elena da Silva Nassif, diretora técnica e coordenadora de Assistência do Hospital Regional de Piracicaba, é uma obrigação dos serviços de saúde apoiar essa ação. “A cultura das pessoas é entender que o hospital só funciona para tratar as doenças, mas, na verdade, ele tem outras funções, como a de trabalhar com a prevenção que é um dos pilares da saúde. É obrigação de todos os serviços dessa área estarem engajados na campanha, pela importância dessa doença e o quanto pode ser trabalhando para preveni-la”, comenta.

“O balão representa a liberdade que a mulher tem de controlar o seu próprio destino, de prevenir o que lhe faz mal e as sementes significam espalhar a vida por todos os lados, sendo também o objetivo do brinde, no qual as mulheres podem cuidar de uma vida além da delas”, reforçou a médica.

O HRP não é especializado em exames relacionados ao câncer, porém, segundo a direção do hospital, o apoio ao Outubro Rosa é fundamental, visto a relevância da conscientização da importância do autocuidado; e, nesse caso, o hospital acaba fazendo o papel de orientador, no qual os pacientes podem tirar suas dúvidas. “Devido à crise e às dificuldades da vida, as pessoas deixam de se cuidar, o que não pode acontecer. É necessário se prevenir de qualquer tipo de doença e esse é o principal objetivo dessas campanhas, enfatizar o autocuidado”, ressalta Cláudia.

Além dos pacientes, a unidade pensa em seus colaboradores. “No ano passado, a campanha do combate ao câncer de mama foi interna, com a finalidade de conscientizar seus funcionários, dada a necessidade de cuidar de quem cuida, fazendo com que sejam disseminadores dessa ação deixando de ser restrita ao hospital”, concluiu.

Da Redação