‘Humor contesta, revolta e desafia’, diz Associação

Associação repudia críticas ao Salão; secretário de Cultura defende pluralidade de ideias

As críticas do vereador Fabrício Polezi (Patriota) ao Salão Internacional de Humor de Piracicaba receberam ontem (08) respostas da Associação dos Amigos do Salão Internacional de Humor de Piracicaba e do secretário da Semac (Secretaria de Ação Cultural), Adolpho Queiroz. A associação se posicionou a favor da liberdade de expressão diante do repúdio manifestado pelo parlamentar às obras de arte. Em nota oficial da Secretaria, enviada ontem, o secretário defende que a manifestação do vereador é legítima.

Os comentários são em resposta ao vídeo publicado na rede social do vereador, nesta semana, com críticas às produções artísticas que trabalham aspectos do governo federal, principalmente na figura do presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

O vereador é autor do requerimento 915/2021, aprovado nesta quinta-feira (7), que pede informações ao Executivo sobre o conteúdo das obras expostas na 48ª edição do Salão. A propositura considera “controversa” a exposição e cita a Lei de Segurança Nacional para fundamentar seus questionamentos.

Em rede social, a associação destacou a liberdade de expressão do Salão Internacional de Humor de Piracicaba. “Humor não se refere apenas àquilo que é engraçado e sim algo feito para provocar reações no público”, pontua. O pronunciamento defende que além do humor que faz sorrir, também existe o que “contesta, que revolta e desafia”.

O secretário Adolpho Queiroz também comentou o episódio e defendeu que é necessário respeitar a pluralidade de ideais e convidou Polezi para um “cafezinho”, para “alinhar as perspectivas” sobre o futuro do Salão. “O salão continuará com esse tom crítico que ele sempre teve, não podemos perder essa nossa característica de nascença, nascemos como um grupo de resistência ao poder político e o humor gráfico é uma das formas muito importantes nesse conjunto de ideias que existem na sociedade brasileira”, disse.  

Letícia Santin
[email protected]

Leia mais:

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite o seu comentário!
Por favor, entre com seu nome

doze − cinco =