Indivíduos que roubaram comércio em Piracicaba e mantiveram mulheres reféns são presos

Foto: Polícia Civil

A Polícia Civil localizou e prendeu, na manhã desta sexta-feira (22), em Piracicaba (SP), dois indivíduos responsáveis por roubo a um estabelecimento comercial no Centro do município. A operação teve apoio do GOE (Grupo de Operações Especiais), da 2ª Dise (Delegacia de Investigações Sobre Entorpecentes) e da 3ª Homicídios.

No dia 13 julho deste ano, policiais da 1ª DIG (Delegacia de Investigações Gerais) tomaram ciência de um roubo ocorrido em um comércio no centro de Piracicaba, ocasião em que quatro mulheres foram mantidas reféns e ameaçadas por quase duas horas. A proprietária do estabelecimento ainda foi torturada física e psicologicamente e teve seus pertences pessoais roubados.

Após investigações, os policiais identificaram os dois autores do roubo já no dia seguinte, sendo que um deles é membro de uma facção criminosa e conhecido pelo apelido de “Irmão Baloteli”. Identificados, a equipe elaborou um relatório circunstanciado e o delegado representou pela prisão temporária dos autores e por mandado de busca e apreensão, o qual foi deferido.

Por volta das 07h40 desta sexta, a Polícia Civil cumpriu a ordem judicial e deteve os dois indivíduos, de 32 e 33 anos. Um foi localizado no bairro da Paulieia; o outro, na Comunidade Renascer.

Após serem detidos, ambos foram conduzidos à carceragem da Delegacia Participativa, onde ficaram presos à disposição da Justiça.

Rafael Fioravanti | [email protected]

LEIA MAIS

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, entre com seu comentário!
Por favor, entre com seu nome

16 − 14 =