Ipasp tem 1º presidente eleito pelo voto direto dos servidores

“Gestão com responsabilidade, confiança e segurança” (Foto: Divulgação)

Antônio Carlos Gonçalves Alves, foi o primeiro presidente do Ipasp (Instituto de Previdência e Assistência Social dos Funcionários Municipais de Piracicaba) eleito pelo voto direto dos servidores públicos. Eleito para o triênio 2020/2022, Alves completou no início de agosto, seis meses na presidência do Ipasp. Segundo ele, o saldo é positivo, mesmo diante do cenário atual. Ele fez uma avaliação do trabalho e falou dos projetos futuros.

“Estamos fazendo uma gestão com muita responsabilidade, sempre com o objetivo de trazer confiança e segurança aos servidores, mesmo diante das dificuldades que estamos passando por conta da pandemia provocada pelo coronavírus. Nossa rotina de trabalho interna segue a mesma, ou seja, com os atendimentos presenciais reduzidos, no período das 9h às 15h”, explica.

O presidente comemora as ações realizadas nos primeiros meses de gestão. “Lançamos um novo vídeo institucional e o nosso novo site, totalmente reformulado, moderno e de fácil acesso. Também reformulamos a ‘Galeria de Ex-Presidentes’ que será exposta na recepção do Instituto ainda esse mês e, tão logo ocorra a possibilidade de realizarmos eventos, ela será inaugurada. Além disso, nossa Ouvidoria segue atenta a todas as dúvidas, críticas e sugestões dos servidores”.

Alves ressalta ainda a importância do grupo Viva Melhor, um dos focos de sua gestão e que completa 11 anos de existência nesse mês. “Temos o compromisso de promover o bem-estar e a qualidade de vida dos beneficiários. Por isso, queremos garantir e aumentar a participação deles no Viva Melhor. Entretanto, devido à pandemia, os encontros estão temporariamente suspensos. Mesmo assim, montamos listas de transmissão pelo WhatsApp e elaboramos uma rotina de atividades diárias para eles não fiquem parados”.

Durante os seis primeiros meses de sua gestão, ele tem seu trabalho pautado na inclusão de seus compromissos de campanha eleitoral na rotina do instituto. O presidente explica que foi primeira vez que os servidores públicos estatutários elegeram, de forma direta, ou seja, nas urnas, o presidente, o vice-presidente e o Conselho Deliberativo. “Temos o Conselho Fiscal em nosso Instituto, formado por indicações da municipalidade e de entidades, e seguimos com o Comitê de Investimentos, igualmente composto por indicações. Mantemos intensa interação entre os membros, com diálogos frequentes”, enfatiza Kaká.

Beto Silva