Irregularidade do asfalto nas ruas reflete no bolso do motorista

Avenidas recebem apenas remendo, o que piora a situação | Foto: Amanda Viera/JP

Além de enfrentar buracos pelas ruas da cidade, os motoristas também precisam passar diariamente por vias com ondulações, irregularidades e remendos no asfalto. A reportagem do Jornal de Piracicaba verificou essa situação em, pelo menos, oito locais, como em vias importantes, no caso das avenidas Jaime Pereira (Estrada do Bongue), Dr. Paulo de Moraes e Cristóvão Colombo. O prejuízo com a suspensão do carro é sentido no bolso, além da preocupação com possíveis acidentes.

O soldador Daniel Ferreira, morador do Bongue, usa diariamente as avenidas Jaime Pereira e Cristóvão Colombo para ir trabalhar. Sentiu o impacto da irregularidade do asfalto – principalmente na Cristóvão Colombro – no bolso na última revisão do carro, que precisou trocar toda a suspensão do veículo. A avenida Jaime Pereira apresenta ainda “lombadas” pela junção de asfalto remendados em sua grande parte, nos dois sentidos.

“Gastei R$1.600, dinheiro que eu não tinha, acabei gastando. Está difícil a situação, a gente não espera gastar com essas coisas. […] Gastos que seriam desnecessários, porque a gente já paga o IPVA”, comenta Ferreira.
Seus avós moraram próximos à avenida Cristóvão Colombo, no Algodoal, há 40 anos e não lembram da via ter recebido revitalização nesse período. “Antigamente o movimento de caminhão ali era muito grande, hoje diminuiu bastante, então se parar para analisar, já era pra ter feito alguma coisa”, pontua.

Outros exemplos de pontos da cidade que apresentam asfalto remendado são a rua Caramuru, Centro; a avenida Dr. Paulo de Moraes – com as chamadas “costelas de vaca”; rua Santa Catarina, na altura do Jardim Elite; rua Corcovado; rua João Botene, na Via Monteiro; e a Manoel Correa de Arzão, em Santa Terezinha.

“Tem lugar do meu lado que corroeu tanto que formou uma poça, começa se deteriorar, se desmanchar, vai soltando. Vieram arrumar, colocaram uma camadinha de remendo, mas começou a esfarelar”, relata dona Rosa Vilho, moradora de Santa Terezinha.

Em nota, a prefeitura informou que realiza reparos nas vias da cidade – como um pacote de melhorias e remodelações viárias em 19 pontos de 14 bairros, e que enviará técnicos para analisar cada ponto citado pela reportagem.

Andressa Motta ([email protected])