Ivana de Negri lança livro de série sobre lendas piracicabanas

Pré-lançamento do livro será no aniversário da cidade. (Foto: Divulgação)

A prolífera escritora piracicabana Ivana Maria França de Negri de forma alguma poderia passar a quarentena sem lançar algo. Como o momento não permite lançamentos presenciais, ela apenas divulga no online o seu livro infantil “A Lenda da Noiva da Colina”, que integra a coleção Lendas de Piracicaba, com apoio do IHGP (Instituto Histórico e Geográfico de Piracicaba). O prefácio é da presidente do IHGP, Valdiza Capranico.


“Estava programado para ser lançado na Semana da Água, mas por conta do início da pandemia, adiamos para o aniversário de Piracicaba. Mas como tudo ainda está incerto e não se pode fazer nenhum evento presencial, optamos por fazer um pré-lançamento virtual, só para não passar em branco o aniversário da cidade”, conta Ivana.

O livro é uma forma de divulgar lendas piracicabanas aos mais novos, uma vez que, no entendimento da escritora, o folclore local anda “muito esquecido” e “deve ser resgatado para que não morra”. É muito triste isso. Penso que as crianças estão mais ligadas na internet. Não leem muito, do quando a escola pede. Quando eu lancei o livro do Nhô Lica, numa classe de 50 crianças, apenas duas conheciam por alto, ouviram seus avós comentarem”, revela a autora.

A Nova da Colina, afirma Ivana, é sim uma lenda. “O poeta Brazílio Machado escreveu um poema falando das brumas do salto que pareciam o véu de uma noiva. Pesquisei antes de escrever e tem versões meio diferentes da lenda. Tentei juntar todas”.

A obra tem ilustrações da neta de Ivana, a jovem Ana Clara de Negri Kantovitz, que também ilustrou os outros dois anteriores da série de lendas: “O Lendário Capitão Nhô Lica” e “A Lenda da Inhala Seca”.

O próximo livro será a “Lenda da Cobrona na Catedral”, Ela garante: “já terminado, faltando apenas a impressão”. Quem quiser um exemplar, deve entrar em contato com a autora ou com o IHGP. Serão priorizadas bibliotecas de escolas e de bairros e, na medida do possível, para outros interessados.

Erick Tedesco

[email protected]