Jornalista rio-pedrense escreve livro para a atriz Cristiana Oliveira

Foto: Del Rodrigues

Obra transforma a história da atriz em um despertar para o resgate da autoestima

Chega ao mercado editorial amanhã (dia 9) o livro sobre a vida da atriz Cristiana Oliveira com a coautoria da jornalista e escritora rio-pedrense Larissa Molina. ‘Versões de uma vida’ terá lançamento nesta segunda-feira em noite de autógrafos no Rio de Janeiro, às 19h, na livraria Travessa, do bairro Ipanema. A escritora Larissa recebeu em 2012 prêmio do Jornal de Piracicaba, o ‘Losso Netto de Jornalismo’ concedido aos alunos de Comunicação Social – Jornalismo da Unimep (Universidade Metodista de Piracicaba). O livro está com pré-venda promocional e autografada no site do Grupo Editorial Letramento (www.editoraletramento.com.br) por R$ 59,90 a edição.

A obra faz um passeio pela vida e trajetória da atriz, que já interpretou personagens icônicos da teledramaturgia brasileira como a vilã Alicinha em ‘O Clone’ e Juma Marruá na novela Pantanal de 1990. “Mais do que Juma, Selena da novela ‘Corpo Dourado’ ou Alicinha, a Cristiana Oliveira é uma mulher de carne e osso que tem muito a nos ensinar sobre autoestima e autoaceitação através de sua história”, conta Larissa.

O trabalho para o livro durou três anos, momento que a escritora de Rio das Pedras trabalhou junto da atriz para dar vida ao livro. A obra é definida por Larissa como um convite para o resgate da autoestima e o fim da incessante busca por aceitação.

Segundo ela, são quase 60 anos de história em 160 páginas que não se resumem à ‘luz, câmera, ação!’, mas a inúmeras versões de uma única vida. A escritora destaca que, na adolescência, a atriz enfrentou a obesidade ao marcar 110kg na balança, e a autorrejeição depois de ser chamada de ‘hipopótamo’ por sua professora de balé.

Na vida adulta, Larissa lembra que, entre posar nua para a Playboy, ser capa em mais de 150 revistas e conquistar milhares de fãs eufóricos, Cristiana também lutou contra a síndrome do pânico, vigorexia e depressão, uma somatória de aprendizados que decidiu compartilhar após atingir a maturidade de forma mais feliz e equilibrada.

ESCRITORA LOCAL
Aos 12 anos, a rio-pedrense Larissa Molina deu início ao primeiro livro e, desde então, não parou mais de escrever histórias. Em 2018, o lançamento de seu primeiro romance bateu recorde de público e de vendas durante a noite de autógrafos no mercado livreiro de Piracicaba. Hoje, Larissa é escritora em tempo integral e, além de romances lançados na Amazon e também pelo Grupo Editorial Letramento, assina cinco obras lançadas no anonimato como ghost writer.

Cristiane Bonin
[email protected]

LEIA MAIS

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, entre com seu comentário!
Por favor, entre com seu nome

6 + quinze =