Cidade acumula 14.269 pessoas positivadas pela covid-19 (Foto: Amanda Vieira/JP)

Um jovem de 21 anos é a 332ª vítima de covid-19 em Piracicaba. O rapaz, que não teve o nome divulgado, teve a morte comunicada ontem pela Secretaria de Saúde do município, que informou também o diagnóstico de mais 105 pacientes infectados pelo novo coronavírus, sendo 49 homens com idades entre cinco e 83 anos e 56 mulheres de quatro a 92 anos.

Ontem, um homem de 28 anos morreu devido a covid-19 em Piracicaba. Com os novos diagnósticos, Piracicaba registra 14.269 doentes de covid-19 e outros 674 casos em investigação. Desde o início da pandemia, o município descartou 22.600 diagnósticos e teve 12.989 pacientes recuperados. A cidade segue com 948 pessoas em tratamento contra a doença que matou 332 pessoas até o momento.

COVID-19 NO ESTADO
O Estado de São Paulo registrou nesta quarta-feira 34.492 óbitos e 951.973 casos confirmados do novo coronavírus. Entre o total de casos diagnosticados de covid-19, 818.593 pessoas estão recuperadas. As taxas de ocupação dos leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) são de 46,1% na Grande São Paulo e 46,9% no Estado.

PESQUISA
O Governo do Estado anunciou ontem resultados de uma pesquisa com 50.027 voluntários na China que demonstram que a vacina Coronavac, desenvolvida pelo Instituto Butantan em parceria com a farmacêutica chinesa Sinovac Life Science, é segura e não apresentou reações adversas significativas. Do total de voluntários, 94,7% não tiveram nenhuma reação. Outros 5,36% sentiram efeitos adversos de grau baixo, como dor no local da aplicação, febre moderada e perda de apetite.

BRASIL
O número de mortes em função da pandemia do novo coronavírus chegou a 138.977 no Brasil, conforme atualização de ontem Ministério da Saúde. Já o total de casos acumulados atingiu 4.624.885.

Andressa Mota

1 COMENTÁRIO

  1. Ontem morreram um jovem de 21 anos e um de 28 anos? Morreram de ou com covid-19?

    A vacina chinesa, que foi produzida em menos tempo que qualquer outra vacina produzida no mundo, vendida por quem produziu o vírus e que não testaram em seu povo, é realmente confiável? Mais confiável que a Cloroquina que é usada há mais de 80 anos, e que foi politizada e demonizada por políticos inescrupulosos e pela grande mídia?
    Dória está brincando com nossas vidas!
    ACORDEM!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

cinco × cinco =