49ers voltaram a atropelar os Packers para vencerem a NFC (Foto: Divulgação/San Francisco 49ers)

As finais de conferência da NFL (National Football League), a liga de futebol americano mais importante do mundo, foram disputadas no último domingo (19), sendo que os dois vencedores se enfrentarão no Super Bowl LIV (54) para definir quem será o grande campeão da temporada. Na AFC (Conferência Americana), o Kansas City Chiefs venceu o Tennessee Titans por 35 a 24; enquanto que na NFC (Conferência Nacional), o San Francisco 49ers derrotou o Green Bay Packers por 37 a 20.

A decisão da AFC foi disputada no Arrowhead Stadium, em que reuniu o Kansas City Chiefs, que disputava sua terceira final de conferência, sendo a segunda seguida, e o Tennessee Titans, que chegou como zebra mesmo eliminando favoritos em seu caminho. Com o objetivo de neutralizar os Chiefs do mesmo jeito que fizeram contra o Baltimore Ravens, os Titans apostaram em uma pressão inicial, além do quaterback Ryan Tannehill e o running back Derrick Henry (sensação dos playoffs) para abrir 10 a 0. Os Chiefs, que também contavam com uma boa dupla quaterback-running-back, com Patrick Mahomes e George Hill, marcou sete pontos, porém Tennesse marcou mais um touchdown e fechou o primeiro quarto em 17 a 7.

A partir do segundo quarto, a defesa de Kansas City cresceu na partida, limitando as corridas de Henry e o ataque. Mahomes continuou avassalador, anotando mais dois touchdowns antes do intervalo, sendo que o segundo foi uma incrível corrida do quaterback para virar a partida em 21 a 17. No segundo tempo Mahomes continuou brilhando, e KC anotou mais dois touchdowns para matar o jogo. Os Titans só fizeram seu segundo touchdown faltando três minutos para o fim, porém não foi o suficiente e a vitória ficou com os Chiefs por 35 a 24.

Chiefs espantaram a zebra Titans para voltar ao Super Bowl (Foto: Chris Donahue)

A partida entre San Francisco 49ers e Green Bay Packers era tida no papel como a mais equilibrada nestes playoffs, já que eram as duas melhores equipes da NFC e que conquistaram 13 vitórias e três derrotas na temporada regular. O confronto entre eles na primeira fase, também disputado no Levi’s Stadium, em Santa Clara (Califórnia) terminou com um atropelo dos 49ers, que venceram por 37 a 8 (23 a 0 no primeiro tempo). San Francisco foi ainda mais dominante na pós-temporada, e com uma atuação sensacional do running back Raheem Mostert, que fez todos os touchdowns da equipe californiana, e de sua forte defesa, para anular Aaron Rodgers e abrir 27 a 0 antes do intervalo.

Green Bay voltou ligado para o terceiro quarto e conseguiu diminuir o jogo rapidamente, porém mais um touchdown de Mostert voltou a complicar a equipe de Wisconsin. Os Packers continuaram lutando e com lançamentos precisos de Rodgers anotaram mais dois touchdowns e chegaram nos últimos minutos perdendo por duas posses de bola. Na última tentativa de diminuir o placar, Rodgers foi interceptado pelo defensor Richard Sherman, que segurou a bola, deu a vitória para San Francisco por 37 a 20 e recolocou os 49ers no Super Bowl.

O Super Bowl LIV será disputado no dia 2 de fevereiro, às 20h30, no Hard Rock Stadium, em Miami. Kansas City disputará seu terceiro Super Bowl, sendo o primeiro após 50 anos e buscará o bicampeonato. San Francisco disputará o SB pela sétima vez, a primeira desde 2013 e lutará por seu sexto Super Bowl, o primeiro desde 1995.

Mauro Adamoli

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

oito − dois =