Live vai arrecadar recursos para ajudar a Apae Piracicaba

Rhuben Vera apresenta o show solo “Recordações” (Foto: Amanda Vieira/JP)

Em meio à pandemia, tirar um tempo para relaxar com a família é uma alternativa para manter a saúde mental e a live em prol da Apae (Associação dos Pais e Amigos dos Excepcionais) Piracicaba neste sábado (15), às 15h, pode ajudar. O músico e professor da Apae Rhuben Vera apresenta, em show solo, o projeto “Recordações”, que tem por objetivo levar músicas de países andinos, como Peru, Bolívia e Equador com flauta peruana para “transmitir calma”. Durante o evento, os participantes poderão doar a quantia que puderem por meio de depósito bancário à entidade. A live será transmitida pelo Facebook.

“A Apae, nesse momento, precisa bastante desses recursos. A gente disponibilizou um número de conta para as pessoas poderem doar. A pessoa faz a doação de quanto ela puder ajudar, qualquer valor será bem-vindo para a instituição”, conta Francine de Almeida Sales, coordenadora de eventos da Apae Piracicaba.

Os dados bancários, assim como informações sobre outras campanhas realizadas pela Apae para arrecadar recursos, estão disponíveis nas redes sociais da instituição. Instagram: @apae.piracicaba. Facebook: Apae Piracicaba.

“Nosso CD “Recordações” tem como objetivo, nessa pandemia, transmitir às pessoas um pouquinho de calma, tranquilidade, nosso trabalho é bom para fazer meditação, relaxamento, que acalmem a pessoa. Todo instrumental, é feito com as flautas peruanas”, explica Vera.

O trabalho que o professor desenvolve na instituição com os atendidos contempla a musicalização, a musicoterapia, grupo musical, fanfarra inclusiva, além de atividades com movimentos e danças. De acordo com Francine, a Apae conta, hoje, com 350 alunos. Para suprir a necessidade das famílias dos atendidos, a Apae Piracicaba também arrecada alimentos não perecíveis e leite. As doações podem ser feitas na própria instituição, na avenida Brasília, 1381, Vila Industrial, das 8h às 12h, de segunda à sexta-feira.

Já os recursos para a instituição são arrecadados por meio de lives e outras campanhas, como a rifa, no valor de R$30, para concorrer com dois bilhetes a um apartamento no Residencial Provence, com 61m², que foi doado por um dos patrocinadores da 37ª Festa das Nações. O evento precisou ser cancelada devido à pandemia. O ponto de venda da rifa é também na instituição, no mesmo horário da arrecadação de alimentos.

Andressa Mota