Semae pede para que moradores reclamem no 156 | Foto: Amanda Vieira/JP

Lixo e entulho acumulados por moradores em calçada da rua Issa Saluin no bairro Monte Líbano II, atrás do terreno da caixa d’água do Semae (Serviço Municipal de Água e Esgoto), tem causado aparecimento de ratos, baratas, escorpião e lacraia, segundo moradora que procurou a reportagem do Jornal de Piracicaba com receio do que esses animais podem causar à saúde da população.


De acordo com a moradora, que preferiu não se identificar, o problema é recorrente. Conta que a Prefeitura de Piracicaba já foi acionada, colocou caçamba em alguns momentos, mas ela reclama que não foi tomada providência maior no sentido de impedir que os moradores descartem lixo e entulho de forma irregular na calçada.


“Isso tem ratos, baratas, escorpiões e tem crianças pequenas que brincam nessas sujeiras”, relata a moradora. Em fotos tiradas na última quinta-feira (19) que enviou à reportagem, é possível observar areia, telha, galhos de árvores, vaso sanitário, restos de móveis, sacos com entulho, entre outros.


A moradora conta que já ocorreu de pessoas colocarem fogo no entulho, o que segundo ela prejudicou a sustentação do muro, que está pendendo. “Esse muro do Semae está totalmente danificado, perigoso cair e matar crianças”, comenta.


Por meio de nota da prefeitura, o Semae afirmou que o muro “não há risco de cair” e que o problema de acúmulo de lixo e resíduos é recorrente. A reportagem questionou quando o local seria limpo, mas na resposta não foi informado uma data. “O Semae pede que os moradores anotem/fotografem os descartes e denunciem para o 156”, complementa.

LEIA MAIS:

Andressa Mota

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

19 − 1 =