Logística e suas áreas de atuação

Foto: Pexels

Profissional pode atuar em quatro áreas e as empresas optam por profissionais com graduação em logística

Trabalhar com logística não é algo fácil, pois envolve o planejamento e execução eficiente de etapas como o armazenamento e transporte de mercadorias. Seu objetivo é atender aos requisitos do consumidor da maneira mais ágil, oportuna e econômica, do ponto de origem ao ponto de consumo final.

O profissional de logística pode surgir de várias áreas como administração, engenharias, marketing ou economia. Contudo, há empresas que optam por profissionais provenientes de uma graduação específica em logística (em alguns casos é também possível que o profissional seja alguém com nível técnico ou tecnólogo).

O profissional de logística pode trabalhar em quase todo o tipo de ramo em que envolva a venda de um produto, seja ele físico, mental e até braçal e, com o aumento da criação de pequenos comércios, a busca por uma logística firme está aumentando.

Existem empresas que buscam montar seus negócios utilizando uma ‘infraestrutura’ logística, ou seja, cuidam majoritariamente de transporte ou armazenamento de insumos para outras companhias. Outras mantêm departamentos de logística internos, focando apenas no funcionamento do empregados dentro da organização e seus recursos, não necessariamente envolvendo etapas de transporte e produtos.

Isso apenas demonstra que, mesmo dentro da própria profissão, existem variações e opções diferentes de escolhas no mercado de trabalho. A carreira logística possibilita a atuação do profissional em setores de controle, estoque, planejamento de movimentação (interna de insumos e externa para varejo). Somado a isso, também assume a imagem de ponte entre organização, fornecedores e clientes.

QUATRO ÁREAS DE ATUAÇÃO PARA QUEM DESEJA INGRESSAR NO MERCADO:

Planejamento de estoque e demanda: utiliza-se de conceitos estatísticos conectados a ferramentas digitais, o dia a dia consiste em desenvolver e analisar previsões de negócios, reduzir custos, monitorar a qualidade e eficácia dos serviços da empresa, etc. A carreira logística desse profissional está ligada a vendas, produção e entregas. Ferramentas ERP são suas maiores aliadas

Rotas e Transportes: todo o percurso é imaginado e analisado para que qualquer desperdício ou contratempo seja mitigado. O foco é a otimização do tempo e redução de custos com transporte, seja através de caminhões, carros, trens, aviões ou navios. A rota mais adequada deve ser sempre a utilizada, para o bem da empresa e para gerar qualidade e valor ao cliente

Prevenção de perdas: evita que produtos em todas as etapas sejam inutilizados, causando prejuízos para a organização O profissional cuida para que procedimentos necessários ao armazenamento e transporte dos insumos cumpram a meta de resultar na entrega de um produto de qualidade para o cliente final.

Controle de Logística: trata da tomada de decisões que geram informações para as demais áreas da empresa. Os dados coletados pelo controle são integrados ao cotidiano dos departamentos jurídico, financeiro e comercial, geralmente através de sistemas de gestão ERP e SAP.

Da Redação

LEIA MAIS

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

dois × 3 =