Luciano Almeida fala em unir cidade e governar para todos

Luciano Almeida comemorou vitória na praça José Bonifácio | Foto: Claudinho Coradini/JP

O empresário Luciano Almeida (DEM), 55 anos, será o prefeito de Piracicaba a partir de 1º de janeiro de 2021. O democrata venceu Barjas Negri (PSDB) em segundo turno, realizado no domingo, com 54,20% dos votos válidos (85.081) ante 45,80% (71.897 votos) do tucano.

A abstenção, no entanto, foi de 34,43%, maior do que a média nacional, de 29,47%, segundo o TSE (Tribunal Superior Eleitoral). O pleito municipal também registrou 6,25% de votos brancos e 11,48% de nulos.

No discurso da vitória, na praça José Bonifácio, Luciano Almeida, disse que ‘governará para todos, sem ideologia’. “Vamos começar uma cidade nova, começar todo mundo junto. Todo mundo quer isso, começar uma renovação em Piracicaba e essa turma toda ajudou a gente a chegar aqui e nós vamos começar uma cidade feliz”, disse.

O democrata ficou à frente na apuração de votos deste a primeira parcial, divulgada às 17h30, com 1,83% quando Luciano aparecia com 354 votos a mais do que Barjas.

Com 50% das urna apuradas, Luciano mantinha 54% ante 45% de Barjas, uma diferença de 9% que foi a média durante as cerca de 1h30 de apuração.

Ele classificou como atípica a eleição deste ano por causa das consequências do novo coronavírus, seja no período reduzido envolvendo a campanha eleitoral, seja no grande número de abstenções no primeiro e segundo turno.

“Ficou notório também, através dos resultados das urnas, que uma parcela significativa da população optou por um novo estilo de administração, pondo fim a predominância do PSDB que governou Piracicaba nos últimos 16 anos”, avaliou.

No primeiro discurso como prefeito eleito, Luciano falou do processo de transição. Ele se reuniu ontem com Barjas na primeira reunião de transição.

“Agora começa um trabalho forte, pesado, para organizar todas as etapas do processo. Espero que a transição ocorra tranquila. Estou aqui para administrar para todos e espero que o prefeito atual nos passe todas as informações”, observou.

SECRETARIADO
Questionado sobre os nomes que vão compor seu secretariado, Luciano adiantou que os escolhidos devem ter capacidade técnica para o exercício das funções. Além disso, segundo o democrata, os nomes serão indicados em parceria com os principais atores de cada segmento.

“Por exemplo, na área de Saúde, quero que os setores mais representativos manifestem a sua opinião, para que haja um consenso na escolha desse profissional. Vou adotar o mesmo critério para a escolha de todo o secretariado”, afirmou.

Sobre as primeiras medidas tomadas ao assumir o governo, o prefeito eleito citou que várias cidades estão se preparando para uma segunda onda do coronavírus, portanto a área de Saúde deve ser prioridade nos primeiros dias de governo.

Erick Tedesco e Beto Silva

Leia mais

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite o seu comentário!
Por favor, entre com seu nome

4 × 3 =