Luiz Fernando reforça sentimento de volta para casa

Evandro Pelligrinotti/XV de Piracicaba

Anunciado há mais de duas semanas como o 14º reforço do XV de Piracicaba contratado em 2021, o goleiro Luiz Fernando não chega a ser uma novidade no elenco do clube. Peça do plantel quinzista nas temporadas de 2018 e 2019, o atleta aponta a chegada para esta sua segunda passagem pelo Nhô Quim como uma volta para casa. O arqueiro de 33 anos retorna ao Alvinegro Piracicabano, após defender o Santa Cruz, com contrato válido até o término deste ano.

“Primeiramente, gostaria de ressaltar que estou extremamente feliz. Quem me conhece sempre soube disso que minha saída era um até breve. Aqui fui muito bem tratado. Saí, anteriormente, com o coração um pouco apertado, mesmo ciente que era um desafio importante para a minha carreira. Quando foi externado que não renovaria com o Santa Cruz, recebi mensagens de torcedores pedindo minha volta e o convite por parte do XV me deixou bem animado”, frisou.

Mesmo antes da proposta, Luiz Fernando afirma que estava por dentro do noticiário do clube. “Eu vinha acompanhando desde a montagem do elenco, então, pelas peças contratadas, eu já sabia que seria um time competitivo. O XV entra sempre para brigar pelo acesso e acredito que desta vez não será diferente”, comentou o goleiro, antes de mostrar conhecimento também sobre a participação do Nhô Quim nas partidas iniciais do estadual da atual temporada.

O Alvinegro Piracicabano ocupa a terceira colocação na competição, com 12 pontos somados em quatro rodadas, portanto, com um aproveitamento de 100%, ficando atrás de Água Santa e Oeste, que estão em primeiro e segundo lugares, respectivamente, por conta dos critérios de desempate. “Os resultados em campo confirmaram minha expectativa. A cada jogo a equipe apresentou uma evolução muito grande, com vitórias e performance”, prosseguiu o atleta.

A meta quinzista vem sendo ocupada por Matheus Nogueira, tendo ainda como opções Igor, Sandro e Tom, que está em fase de transição, depois de se recuperar de cirurgia. “Em relação à minha posição, não é diferente. São todos jogadores de muito potencial, o que pode ser visto nos treinos, e isso deixa o Moisés bem à vontade para escolher. É a primeira vez que trabalho com ele e venho para obter meu espaço, sempre respeitando meus companheiros”, disse.

Da Redação

LEIA MAIS:

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite o seu comentário!
Por favor, entre com seu nome

12 + um =