Luta operária contribuiu com conquista de direitos

Livro analisa mobilizações e greves realizadas na cidade, como a de 1917, por exemplo

Lutas de trabalhadores piracicabanos contribuíram com conquista de direitos trabalhistas no País, de acordo com o livro “Caipiras, uni-vos” da historiadora Fabiana Junqueira. A obra aborda a história da classe operária em Piracicaba no século 20. A produção, publicada pela Editora CRV, é o resultado da pesquisa da autora desenvolvida no mestrado, com continuação no doutorado. A obra também conta com o prefácio do escritor e jornalista Cecílio Elias Netto.

A historiadora explica que o movimento operário é uma história de lutas coletivas. “Os trabalhadores do município contribuíram para que nós tivéssemos no Brasil hoje muitos dos direitos que nós temos na CLT”, diz. De acordo com a autora, no século 20, os operários e operárias trabalhavam entre 14 e 16 horas diárias, sem direito aos finais de semana, férias remuneradas e ao décimo terceiro.

“A história desses trabalhadores é a história de muita gente em Piracicaba, muitas pessoas tiveram um avô que foi operário da Dedini ou uma tia que trabalhou na Boyes, é uma história de famílias inteiras”, comenta. O livro analisa mobilizações e greves realizadas na cidade durante o século 20, como a greve geral de 1917, para reivindicação de jornadas de oito horas e aumento salarial. “Além de ser uma história de muitas famílias piracicabanas, é uma história de conquistas, lutas e dificuldade”, pontua.

A pesquisa se baseou em documentos como as atas dos sindicatos, jornais locais e do estado, prontuários do Departamento Estadual de Ordem Política e Social (o antigo DEOPS), processos trabalhistas, fotografias e até entrevistas com operários. A historiadora analisou as experiências individuais e coletivas dos trabalhadores da alimentação, têxteis, metalúrgicos, entre outras categorias, no município.

O livro pode ser adquirido pelo site da Editora CRV: www. editoracrv.com.br.

Letícia Santin
[email protected]

Leia mais:

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

treze − 9 =