Mahle é interpretado em eventos de dois Estados

Foto: Nilo Beloto

Em Piracicaba, Escola de Música recebe recital grátis; Cidinha Mahle lança livro

As composições do maestro Ernst Mahle vão ecoar nos Estados de Minas Gerais e Rio de Janeiro em uma série de apresentações neste mês de novembro. Em Piracicaba, a Empem (Escola de Música de Piracicaba Maestro Ernst Mahle) recebe hoje (sábado), às 11h, o violonista Welton Nadai para recital gratuito – a escola do maestro fica na rua Santa Cruz, 1.155, Centro. Mais no fim do mês, dia 20, Cidinha Mahle, esposa do musicista, lança seu livro “Recordações” na escola de música.

As obras de Mahle serão ouvidas em eventos programados de amanhã (domingo) até dia 24: em Belo Horizonte, no Dia Nacional do Contrabaixo; no Rio de Janeiro, na 24ª Bienal de Música do Rio de Janeiro com a Orquestra de Cordas da UFRJ (Universidade Federal do Rio de Janeiro); na cidade mineira de Mariana e na fluminse Petrópolis no teatro municipal e no Instituo de Cultura, respectivamente.

Já na escola da qual o maestro é co-fundador, o violonista Nadai lança seu novo álbum ‘Pedro Cameron’, em parceria com o Instituto Lumiarte – o espaço foi preparado com a disponibilidade de 150 lugares com distanciamento social. No programa, há peças do repertório tradicional do violão e arranjos de músicas brasileiras do mestre Cameron, com músicas que vão desde Tom Jobim passando por Pixinguinha, até o regional Angelino de Oliveira.

Sobre o livro de Cidinha, a autora recupera memórias no espaço de tempo entre 1937 a 2021, sob o foco do ambiente musical da cidade. Ela percorre pelos fatos da fundação da Escola de Música de Piracicaba, concertos, óperas, concursos para jovens instrumentistas, com ilustrações de fotos.

Haverá um evento na data e alguns números musicais serão apresentados – o livro estará à venda e o valor obtido será destinado para bolsas de estudos para crianças carentes. O diretor do Jornal de Piracicaba, Marcelo Batuíra Cunha Losso Pedroso de Mello, é presença confirmada no lançamento e falará sobre a obra da autora.

Cristiane Bonin
[email protected]

LEIA MAIS

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, entre com seu comentário!
Por favor, entre com seu nome

vinte − 4 =