Mais 10 leitos de UTI para covid-19 a partir de hoje

Novos leitos ajudarão a desafogar o sistema. (Foto: Amanda Vieira/JP)

O Hospital Regional de Piracicaba Dra. Zilda Arns disponibiliza, a partir de hoje (17), mais dez leitos de UTI destinados ao tratamento de pacientes da covid-19. O prefeito Luciano Almeida (DEM) anunciou a reabertura dos leitos em live no dia 04, como uma das medidas para enfrentar o agravamento da pandemia na cidade e região. Com esse aumento, o Hospital chega a 40 leitos de UTI exclusivos para pacientes da Covid-19, além dos 22 leitos de enfermaria.

“Pedimos ao Estado a reativação de mais 10 leitos de UTI no Hospital Regional e fomos atendidos. Com isso, vamos ampliar a capacidade da rede e podemos atender melhor os pacientes de Piracicaba e região. Estamos trabalhando para garantir o melhor atendimento possível, mas, para que esses esforços deem resultado, é necessária a colaboração de toda a população, que pode ajudar respeitando os protocolos dessa Fase Emergencial e reduzindo ao máximo a circulação de pessoas para diminuir o nível de contágio e as internações por Covid-19, que estão causando colapso no sistema de saúde como um todo”, avalia o prefeito Luciano Almeida.

Os novos leitos contribuem para desafogar o sistema, mas, como também enfatiza o secretário da Saúde Filemon Silvano, a solução é momentânea e o trabalho para ampliar a rede na cidade continua. “Esses leitos serão de muita importância para a nossa região, uma vez que estamos superlotados. Vai aliviar, mas não vai ser a solução. Por isso, nós estamos trabalhando para ampliar a rede e oferecer novos leitos. Dá um pequeno fôlego, mas ainda temos muita luta pela frente”, afirma o secretário.

O Hospital Regional de Piracicaba foi inaugurado em 2018 e atende a população das 26 cidades que integram o DRS-10 (Departamento Regional de Saúde). Atualmente, o funcionamento do HRP ocorre com 82 leitos em atividade, sendo 42 de enfermaria clínica e cirúrgica, 40 de cuidados intensivos (contando os novos 10 leitos de UTI), além de centro cirúrgico com cinco salas operatórias.

A instituição é gerida pela Unicamp (Universidade Estadual de Campinas), por meio da Deas (Diretoria Executiva da Área da Saúde) e da Fascamp (Fundação da Área da Saúde de Campinas).

Da Redação

LEIA MAIS:

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite o seu comentário!
Por favor, entre com seu nome

treze + 12 =