Manoel de Barros inspira teatro da Roma Produções

Como conta o ator e diretor Romualdo Sarcedo, o Roma, A Turma é “um convite ao mergulho no universo das brincadeiras infantis tão bem exploradas nos poemas de Manoel de Barros”. (Foto: Divulgação)

Contemplada pela lei emergencial Aldir Blanc, a Cia. Roma Produções Artísticas inicia hoje uma série de três apresentações da peça ‘A Turma’. Nesta sexta-feira (5), vai ser às 17h, no Centro Cultural Zazá, no bairro Mario Dedini, com entrada gratuita.

Como conta o ator e diretor Romualdo Sarcedo, o Roma, A Turma é “um convite ao mergulho no universo das brincadeiras infantis tão bem exploradas nos poemas de Manoel de Barros”.

No espetáculo Márcio Abegão, Rodrigo Polla e o próprio Sarcedo representam os três amigos Manoel, Bernardo e Sebastião, que brincam no quintal de suas infâncias. “Com diversas ‘inutilidades, resignificando e transvendo o mundo, pois segundo o que o próprio Manoel de Barros dizia, ele tinha um ermo enorme dentro do olho e uma necessidade de ver as coisas com outros olhos”, fato que o poeta traduzia não saber se “isso é um defeito do olho ou da razão. Se é defeito da alma ou do corpo”, ressalta o diretor.

Na outra sexta (12), a companhia leva o teatro ao Centro Cultural Hugo Pedro Carradore, em Santa Teresinha, às 16h. Já no dia 19, também uma sexta-feira às 16h, a apresentação acontece no Centro Cultural Maria Dirce Camargo, na Estação da Paulista.

Após as apresentações de ‘A Turma’, a Cia. Roma Produções Artísticas novamente vai rodar entre os centros culturais da cidade com o espetáculo infantil ‘Galinha dos Ovos de Ouro’, uma montagem inspirada nas fábulas de Esopo e La Fontaine.

Na trama, um casal muito humilde é surpreendido com uma galinha que começa a botar ovos de ouro.

Erick Tedesco
[email protected]

LEIA MAIS:

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite o seu comentário!
Por favor, entre com seu nome

três × 1 =