Marketing digital ferramenta de marketing e comunicação– parte 1

Foto: Pexels

Os meios de comunicação digital mudaram a maneira de nos relacionarmos com o mercado, os produtos e as marcas. Em virtude do aumento de usuários de internet no início da década de 2000, o marketing digital fez as empresas repensarem o modo como alcançam seus consumidores e vendem seus produtos. Como forma de alcançar o consumidor, verifica-se a modalidade do e-commerce, o qual, em 2020, atingiu a marca de R$ 41,92 bilhões no mês de dezembro e, assim, registrou alta de 53,83% em relação ao mesmo período de 2019.

No ano de 2020, o crescimento foi de 73,88%, o que mostra o crescimento das negociações digitais. O conceito de marketing digital não é novo, pois já existe há mais de 100 anos. Foi em 1896 que o italiano Guglielmo Marconi realizou, na Inglaterra, a primeira transmissão pública com sinais wireless (telégrafo sem fios).

Pouco tempo após essa primeira demonstração, a invenção de Marconi possibilitou a transmissão de sinais em código Morse através do mar, em águas abertas, o que deu início à invenção do rádio, o qual levou 10 anos para alcançar o grande público, quando se fez uma transmissão ao vivo de uma performance de ópera no Museu Metropolitano de Arte, em Nova York.

Isso estimulou muitas pessoas a quererem assistir a esse espetáculo mediante compra de ingressos. Tal transmissão marcou a primeira comunicação digital, considerada por muitos como o nascimento do marketing digital. Entenda que o marketing é mover o mercado, e digital é fazê-lo por meios não presenciais. Compreendo o marketing digital como um conjunto de ações de comunicação utilizadas pelos meios digitais com objetivo de divulgar e comercializar produtos, serviços e marcas, seja no mercado on-line ou off-line.

De certa forma, ele veio para ampliar e facilitar as vantagens que o marketing tradicional já apresentava. Procure identificar em dois segundos pelo menos uma pessoa olhando para uma tela. O digital está ao nosso redor, tornando-se cada vez mais popular e crescendo a cada dia.

O marketing digital trouxe inúmeras vantagens para as micro, pequenas, médias e grandes empresas, bem como para o consumidor, entre elas, apresenta velocidade de implementação, o que pode gerar resultados rapidamente, é mais barato que o tradicional e pode trazer um retorno sobre investimento (ROI) maior, as informações quantitativas em uma campanha de marketing digital podem ser facilmente obtidas.

A análise de dados e o big data permitem aos gestores e aos operadores do marketing conhecerem a fundo as particularidades de seus clientes e usuários, além de cruzarem informações para descobrir tendências e comportamentos atuais ou até mesmo futuros. Ao navegarmos pela internet, vamos deixando pequenas migalhas vindos de nossos computadores ou smartphones, e isso permite às empresas estreitarem o relacionamento com o potencial cliente, o que facilita o funil de vendas.

A cada dia, o referido marketing ganha mais importância nas empresas, sendo que muitas já utilizam apenas ele, e pode ser realizado por qualquer tipo de organização, independentemente de seu tamanho ou verba para investimento. É importante desvincular a ideia de que marketing digital só tem a ver com Google AdWords ou Facebook. Por mais que o marketing digital esteja ligado a qualquer tipo de aparelho eletrônico, cada canal mídia tem sua peculiaridade.

Por exemplo: vender por meio de um blog é diferente de vender por um e-mail marketing. Vender é vender, é entregar um serviço ou um produto em troca de dinheiro. Desse modo, saber vender é o mais importante, por esse motivo você deve ter conhecimento do melhor meio de comunicação digital que pode usar para estabelecer um relacionamento com seu público.

LEIA MAIS

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

três × dois =