Máscara de pano é apenas melhor do que não usar proteção, apontam médicos

Foto: Amanda Vieira/JP

Apesar de realidades semelhantes no que diz respeito à nova onda de disseminação da covid-19 e descoberta de novas variantes da doença do novo coronavírus, Brasil e diversos países da Europa divergem quanto às recomendações na utilização de máscaras de maior qualidade para combater a transmissão viral.

No Velho Continente, uso de máscaras do tipo FFP2 ou N95 se tornou obrigatório no transporte público, em lojas e demais ambientes públicos fechados, por exemplo, no estado da Bavária, na Alemanha.

O Jornal de Piracicaba conversou com dois médicos infectologistas e ambos afirmam que apesar da maior proteção oferecida pelas máscaras médicas e cirúrgicas, as de pano também são eficazes e ainda podem ser opção à população. “Máscara de pano ainda é melhor do que se a pessoa não utilizar nada”, aponta Tufi Chalita.

“A N95, sem dúvida, é a mais indicada, devido à trama mais fechada, que impede muito mais a transmissão. É essencial para quem cuida direto de pacientes com covid-19 e todos da área da saúde”, destaca Chalita.

Nicolle Queiroz, médica cardiologista e clínica, que atua como intensivista em UTI da Covid-19, segue a mesma linha de Tufi Chalita “É melhor usar uma máscara de pano do que andar sem nenhuma proteção”, e igualmente ressalta que o tecido, sim, capaz de proteger o indivíduo.

Pondera, assim como Tufi, que todos profissionais da saúde devem usar uma máscara N95 ou a FFP2. “Médico, dentista, fisioterapeuta, todos aqueles que terão contato mais direto com o ar eventualmente infectado do paciente. Usa-se este tipo de máscara exatamente porque são pessoas que se expõem mais”.

E a intensivista ressalta que a máscara de pano dura de acordo com o tipo de material com o qual foi fabricada. “Mas é preciso tomar cuidado com a costura, não pode ser frontal. E nada de máscara de tricô, que não protege nada”. Para que tenha eficácia, afirma Nicolle, é preciso usar no máximo duas horas e lavar todo dia.

Erick Tedesco | [email protected]

Leia mais

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite o seu comentário!
Por favor, entre com seu nome

4 × três =