Live que fala benefícios de parar de fumar é hoje | Foto: Divulgação/Pixabay

Dicas para abandonar o tabagismo, a relação do hábito de fumar com a covid-19, além de informações e números locais sobre a doença do novo coronavírus são temas do debate entre os médicos cardiologistas Juliana Previtalli e Sérgio Pacheco Filho. O encontro é hoje, às 19h, no Instagram da médica, @julianabarbosaprevitalli.

Outros assuntos que devem ser discutidos pelos profissionais na live desta quarta-feira são como estão as ocupações dos leitos hospitalares, o que a Santa Casa tem de equipamentos e os tratamentos atuais para combater o vírus.

Como destaca Pacheco Filho, o tabagismo é reconhecido como doença crônica causada pela dependência à nicotina presente nos produtos à base de tabaco. “É o maior fator de risco evitável de adoecimento e morte no mundo. E quem fuma está mais sujeito a contrair o novo coronavírus, desenvolver as formas graves da doença e morrer da covid 19”, explica o médico.

O tabaco causa diferentes tipos de inflamação e prejudica os mecanismos de defesa do organismo. Por esses motivos, aponta Pacheco, os fumantes têm maior risco de infecções por vírus, bactérias e fungos. “Os fumantes são acometidos com maior frequência por infecções como sinusites, traqueobronquites, pneumonias e tuberculose. Além disso, o consumo do tabaco é a principal causa de câncer de pulmão e importante fator de risco para doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC), entre outras doenças”.

Segundo o médico, a combustão do cigarro produz uma fumaça com mais de 4000 componentes nocivos sendo que muitos desses componentes são comprovadamente tóxicos para todo o sistema respiratório. Neste contexto, Pacheco ressalta que pessoas que não fumam, mas moram ou convivem com pessoas que fumam, também sofrem agressões pulmonares que as tornam mais vulneráveis a infecções respiratórias e às complicações da covid-19.

Pacheco faz uma analogia do tabagismo com o uso de máscaras. “Vemos a semelhança no fato de quem usa máscara está se protegendo e também protegendo quem está à sua volta. Abandonar o cigarro é como usar máscara, ou seja, uma atitude de amor próprio e de amor aos seus semelhantes”, aponta.

Erick Tedesco

Leia Mais:
Ferramenta usa inteligência artificial para parar de fumar
Inca incentiva a deixar de fumar para evitar efeito grave da covid-19

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

3 + nove =