Mesas de canto e espaços clean para sua casa

Combinações perfeitas deixam o ambiente mais harmonioso

Ideal tanto para quem busca conferir mais personalidade ao ambiente, quanto para aqueles que querem deixar o espaço mais organizado, as mesas laterais, também conhecidas como mesinhas de canto, seguem em alta no setor de decoração de interior.

Delicada, essa peça ganhou valor devido a sua versatilidade e tamanho compacto. Além de dar novos ares a espaços vazios, usando acessórios decorativos ou plantas sobre ela, é possível utilizar a mesinha lateral ao lado do sofá ou poltrona, para servir de apoio para copos, livros ou controles remotos.




Entretanto, com a grande variedade de materiais e formatos, é comum surgirem dúvidas na hora de escolher o modelo ideal. Para ajudar na hora da composição e harmonização com outros móveis do recinto, a arquiteta Guta Louro recomenda que se pense, sempre, no conjunto e dimensionar o local.

“Antes de comprar a mesa lateral, é fundamental medir o espaço disponível. Outra dica é analisar o estilo dos móveis no ambiente e o seu formato. Por exemplo: em uma sala quadrada, utilizar mesas redondas pode gerar um leve contraste e a sensação de amplitude ao espaço”, explica Guta.

As possibilidades são múltiplas, mas a arquiteta sugere cinco opções de peças para inspirar ambientes, do descolado ao clássico. Como a mesa Jelly, assinada por Ricardo Bello Dias. É uma peça baixa, com design único e um pequeno compartimento em tecido para armazenar revistas ou gadgets. Outra opção é a Mimo, assinada pela designer Maria José Canedo. A mesa lateral Mimo apresenta base em aço carbono pintado e tampo em MDF chanfrado.

Mesa Lateral Lato, assinada e fabricada pela Schuster, também é feita com MDF, além de madeira e metal inox. Mede 42 centímetros na lateral, tem 76 cm de profundidade e 7 1 cm de altura. Outra que combina perfeitamente a madeira e o metal é peça desenvolvida pela Lattoog. As mesas laterais Bottle articulam a madeira e o metal, gerando uma forma simples e monolítica, mas com textura e cor.

Por último, a dica de Guta é a mesa lateral Soiê. Desenvolvida pelo Studio Saccaro, e peça apresenta estrutura slim e elegante. Com formatos disponíveis de tampo redondo, quadrado e retangular, além de diferentes alturas, as peças da coleção possibilitam uma infinidade de composições.

Brancos e espelhados para ambiente clean

Cor branca é sinônimo de calmaria e serenidade, e um dos grandes atributos deste tom quando aplicado à decoração é a flexibilidade. E aplicado junto ao espelho acarreta ainda mais a versatilidade para o ambiente.

Para contribuir com uma decoração clean e contemporânea, a Dunelli amplia seu catálogo com móveis brancos e espelhados. Como os móveis utilizados no projeto assinado pela arquiteta Vanessa Soares, que apostou no Buffet espelhado na sala de jantar, deixando o ambiente com amplitude e modernidade. Outro destaque é a mesa de jantar Oval Vênus, com base de vidro e tampo laca brilho com tampo vidro ultraclear, destacado na varanda.

Erick Tedesco ([email protected])