Mesmo com tapa-buracos, ruas e avenidas têm asfalto precário

Buracos tomam conta da rua Carlos Bartolomeu de Arruada. (Crédio: Amanda Vieira/JP)

Motoristas encaram diariamente buracos nas vias da cidade que foram recapeados, mas que, depois de certo tempo, retornam à mesma situação anterior. A reportagem do Jornal de Piracicaba constatou casos desse tipo em cinco pontos do município, como na avenida Barão de Serra Negra, na Vila Resende, ao lado da praça da Matriz; na rua José Vicente Pedreira, no Caxambu, ao lado da escola estadual Doutor Antônio Pinto de Ferraz; na rua Carlos Bartolomeu de Arruda e na rua Ary Barroso, ambos na região de Santa Teresinha, e na avenida Torquato da Silva Leitão, no São Dimas, ao lado do Clube de Campo.


A reportagem questionou a Semob (Secretaria Municipal de Obras) se a prefeitura tem seguro dos serviços prestados pela empresa responsável pelos recapeamentos e se o retrabalho impactaria o orçamento do município.

Av. Barão de Serra Negra: buraco próximo a ponto de ônibus. (Crédio: Claudinho Coradini/JP)


De acordo com a assessoria de imprensa da pasta, a empresa responsável pelo recapeamento está com o contrato vigente com a prefeitura e será notificada para fazer os reparos novamente, “sem ônus algum para o município”.

Rua José Vicente Pedreira passou recentemente pela operação tapa-buracos. (Crédito: Claudinho Coradini/JP)


Questionada se os buracos citados nesta matéria estavam presentes na programação da operação tapa-buraco realizada pela Semob, a pasta informou que “a prefeitura vai enviar técnicos aos locais citados para vistorias”.

Asfalto se deteriora na rua Ary Barroso, em Santa Teresinha. (Crédito: Amanda Vieira/JP)

Andressa Mota
[email protected]