Ministério da Saúde: Piracicaba não recebeu preservativos para o Carnaval

Secretaria da Saúde teve que fazer compra emergencial de preservativos para distribuir durante o Carnaval de Piracicaba. (Crédito: Claudinho Coradini/JP)

A Secretaria de Saúde de Piracicaba não recebeu preservativos do Ministério da Saúde para distribuir aos foliões durante o Carnaval deste ano. A última remessa recebida do Governo Federal ocorreu há três meses, quando foram enviadas 15 caixas do material, totalizando 86.400 unidades.

Este número é suficiente para pouco mais de um mês. Segundo o coordenador do Programa Municipal de IST/Aids, Moisés Taglieta, por mês são distribuídos cerca de 75 mil preservativos pelas 74 unidades médicas do município.

Para suprir a falta do material nos dias de folia, a prefeitura precisou comprar preservativos por conta própria. Mesmo assim, com o contrato emergencial, a Saúde recebeu 15.840 preservativos e deve receber outros 30 mil unidades nos próximos dias.

Apesar da falta de repasse dos preservativos pelo Governo Federal, Taglieta garantiu que a distribuição durante o Carnaval deste ano será a mesma quantidade dos anos anteriores, cerca de 65 mil unidades.

O coordenador falou que há um ano o Governo Federal vem fazendo a distribuição ao município de forma irregular e a situação piorou nos últimos três meses. “O Ministério tem mandado uma quantidade reduzida e irregular”, afirmou acrescentando que o problema ocorre com outras cidades do Estado.

Ele disse que não tem notícia de quando uma nova entrega será feita por parte do Ministério da Saúde. Taglieta disse que o Governo apontou problemas aduaneiros com o material, que é importado. “Tem apenas um fabricante no Brasil que é privado e outro que produz para o governo, mas não supre a necessidade”, afirmou.

ABASTECIMENTO
No site do Ministério da Saúde uma notícia do dia 10 de fevereiro informa que o órgão começaria a distribuir 128,6 milhões de preservativos adquiridos para garantir a proteção de quem ‘participa da festa’. “Até o início do período de Carnaval todos os estados do país estarão abastecidos”, informa o texto.

“São 125,1 milhões de camisinhas masculinas e 3,4 milhões femininas, além de 8,9 milhões de unidades de gel lubrificante”, acrescentou o ministério.

A reportagem não conseguiu contato ontem com o Ministério da Saúde para questionar sobre a falta de preservativos para Piracicaba. De acordo com a OMS (Organização Mundial da Saúde), todos os dias ocorrem 1 milhão de novas infecções.

Beto Silva
[email protected]