Momento exige solidariedade para salvar vidas, diz Saúde. [EM LIBRAS]

O avanço da pandemia da covid-19 no Estado de São Paulo impacta diretamente o sistema público de saúde. Para que a população não enfrente um colapso desse serviço na capital, visando salvar vidas, a Secretaria Estadual de Saúde, por meio da Cross (Central de Regulação de Oferta de Serviços de Saúde), tem realizado a transferência de pacientes para hospitais do interior.

Frente a críticas, como a da advogada Erica Gorga, que publicou em vídeo nas redes sociais que teme o aumento do risco de contaminações e que as transferências contribuam com a lotação em hospitais do interior, a Secretaria Estadual de Saúde esclareceu que as transferências “são feitas se e quando há necessidade” e que a Cross atua 24 horas por dia para verificar vagas disponíveis em hospitais do SUS (Sistema Único de Saúde) no Estado.

Para Érica, pacientes internados na capital por outras doenças poderiam ser transferidos para o interior e as autoridades poderiam “requisitar vagas de hospitais privados na própria capital”. “Não se pode tomar decisões que contribuam para agravar a situação, gerando novos epicentros de contágio no interior”, opina a advogada.

Em nota, a Secretaria Municipal de Saúde lembrou que “trata-se de um momento delicado, que exige solidariedade de todos nós, com a finalidade única de salvar vidas diante de uma pandemia” e informou que, assim como Piracicaba pode receber pacientes de outras cidades, também pacientes daqui – se e quando for necessário – poderão receber atendimento em hospitais de outras regiões.

De acordo com o secretário estadual de saúde, José Henrique Germann Ferreira, desde 15 de abril até segunda-feira (4), foram transferidos da capital 15 pacientes. “A lotação de leitos é algo muito dinâmico, este final de semana, a cidade de Bauru tinha um número acima das demais cidades, nós tivemos que acolher neste sentido”, lembrou Ferreira. “Obviamente que, se na Grande São Paulo, nós tivermos uma elevação da ocupação dos leitos aqui na região, nós vamos ter que nos valer dos leitos do interior, que tem uma ocupação hoje de UTI de 67%”, complementou em coletiva de segunda-feira, ao informar que o Estado recebe novos respiradores adquiridos do exterior ainda nesta semana.

A Secretaria Municipal de Saúde também informou que a ocupação dos leitos no município “é considerada satisfatória”. A cidade tem, de acordo com a pasta, 154 leitos de UTI (Unidade de Tratamento Intensivo) e 738 leitos ambulatoriais, contabilizando público e privado.

“Com relação aos profissionais, importante destacar que as unidades estaduais estão abastecidas com EPIs (Equipamentos de Proteção Individual) e seguem todos os protocolos de segurança para profissionais de saúde e pacientes, assistindo qualquer pessoa que necessitar de atendimento. Seguindo este protocolo, qualquer colaborador com suspeita de covid-19 será afastado para proteção da sua saúde e das demais pessoas que frequentam a unidade”, informou ainda a Secretaria Estadual de Saúde.

HOSPITAL REGIONAL
Referência no tratamento da covid-19 na região, o Hospital Regional vai dobrar o número de leitos da UTI com respirador para atender o SUS. Segundo informações da Prefeitura, atualmente o hospital conta com 18 leitos com o equipamento e mais 20 entrarão em funcionamento, totalizando 38. O investimento contabiliza R$ 2,4 milhões.

Andressa Mota

6 COMENTÁRIOS

  1. Gostaria de parabenizar o Jornal de Piracicaba pela acessibilidade!
    Gratidão pela disposição em contribuir para que a informação chegue a todas as pessoas.

  2. Venho por meio deste agradecer ao jornal de Piracicaba Pela.
    Agradecer a acessibilidade e também por transmitir e ajudar para que as informações chegue um pouco mais longe.
    Para que cada cada vez mais pessoas fique bem informados
    Muitíssimo obrigada

  3. Quero parabenizar e agradecer o jornal de Piracicaba pela acessibilidade, grato pela disposição em poder contribuir para que esta informação cheguem a todos. Obrigada ao jornal de Piracicaba

  4. Muita bonito este trabalho pelo espaço que o jornal de Piracicaba está disponibilizando a Comunidade Surda Gratidão a todos que estão envolvidos neste trabalho , agradecimento de uma mãe , a tempo que vocês lutam por está acessibilidade e estão aos poucos conquistando

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite o seu comentário!
Por favor, entre com seu nome

cinco × 1 =