Morador transforma área verde abandonada em espaço de recreação, lazer e cultura

Foto: Alessandro Maschio/JP

Dorival Nalin colocou suas habilidades em dia para realizar o sonho de sua mãe, em praça no bairro Higienópolis

Para quem passa na avenida 31 de março esquina com rua Hermínia Sbravatti Lafratta, situada no bairro Higienópolis, consegue avistar uma área verde repleta de arte com paletes pintados em forma de bancos, pneus que criam as formas de uma moto e de um poço, enfeites coloridos, várias plantações bem cuidadas e até mesmo uma geladeira que serve como uma estante para livros que podem ser doados e pegos gratuitamente. A ideia feita com amor e dedicação é de Dorival Nalin, de 57 anos.

Nascido no bairro, onde mora até hoje, Dorival Nalin é casado com Maria Helena Sanjuan Nalin e é pai de duas filhas: Milena e Mariane Sanjuan Nalin. Ele conta que toda essa dedicação de transformar a praça sempre foi um sonho de sua mãe, Neyde Theresinha Molon Nalin, falecida há seis anos. “A área era o caminho da minha mãe. Ela sempre falou que ali era um lugar bonito e que dava para fazer alguma coisa”, conta ele. E ela teve sorte: com um filho que ama mexer com a arte e fazer bagunça em casa, foi então que Dorival tomou a iniciativa de realizar o sonho da mãe e colocar suas habilidades em prática.

“Eu sou um cara que gosta muito de reciclar pneus, paletes, mexer com isso e também fazer artes. Em 2019, fechei a minha lanchonete e agora com apenas um comércio de segunda à sexta-feira, tive a ideia de transformar neste projeto, aquele lugar abandonado com pessoas dormindo embaixo da ponte e muito lixo”, relata o comerciário.

Tudo começou com um poço em outubro do ano passado. Em seguida, Nalin já estava ganhando paletes, pneus, vasos e tintas com a ajuda de empresários e seus amigos. Quando chegou dezembro, no Natal, a beleza do local encantou tanto os moradores do bairro, que Dorival já estava vestido de Papai Noel e fazendo uma festa para cerca de 250 crianças no local, no qual distribuiu balas e pipocas.

Agora, para que o projeto fique completo, só falta uma única ação: a praça receber o nome de sua mãe. “Um amigo meu, advogado, alertou que fez a pesquisa da área e que estava sem nome. Eu comentei com ele o que eu estava fazendo pela minha mãe e, então, decidi homenageá-la”, ressalta ele. O projeto já foi encaminhado e aprovado para a Câmara Municipal, com a ajuda do vereador Paulo Henrique (REP). Atualmente, o projeto segue em análise na prefeitura.

A praça ganhou até uma página no Facebook e conta com a ajuda de Claudia Trevisan, amiga de Nalin, para a publicação das fotos. Além disso, toda a manutenção no espaço, é feito com a ajuda de Elisabete Gerdes, Maurício Forte, José Mário e Marcos Forte, todos amigos de Dorival.

Fernanda Rizzi
[email protected]

LEIA MAIS

1 COMENTÁRIO

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, entre com seu comentário!
Por favor, entre com seu nome

dezoito + 17 =